,

Mulher atropelada na rua Campo Grande – RJ

Olá você que ainda está do ressaca do final de semana queridos leitores! O post de hoje, é dica da irmãzinha Karen Ribeiro, por Facebook. Vamos para o relato sobre o vídeo enviado pra ela:

Por L.C.R., Testemunha que estava dentro do ônibus que atropelou a mulher em campo grande.

“Então, tinham mais duas moças com ela. Entraram no ônibus perto do luso brasileiro. Ela ia parar naquele ponto da passarela, e o ônibus estava muito cheio, não dava pra passar. Ela pagou a passagem e as duas que estavam com ela desceram e não passaram o cartão, ela ficou. O motorista fechou a porta e não deixou ela sair, e pediu que chamassem as mesmas para pagar ela chamou mas elas não atenderam. O motorista saiu com o ônibus e ela pediu “pelo amor de Deus” que parasse, pois tinha horário pra estar no trabalho. Disse que tinha pago. O motorista continuou, e num ato de desespero ela forçou a porta e pulou, dando pra escutar o barulho que nunca mais vou esquecer. A cena mas feia que vi na minha vida. A mulher que foi atropelada na rua campo grande foi identificada. Agna P. Araújo, de 23 anos, o motorista não prestou socorro. Fugiu do local”.

10588773_692259607515911_533502195_n

Usuário Android, iOS ou Windows Phone, clique AQUI.

No mais, sem mais. Desejo a todos uma ótima semana, cheia de paz e ótimos acontecimentos. Sugestões, no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda. :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários