,

Acidente em Nova Alvorada do Sul

Olá, maggots adorados leitores. Hoje, trago-lhes um acidente ocorrido em Nova Alvorada do Sul – MS. O acidente se deu por conta do excesso de velocidade, imprudência esta que pôs fim a vida do motorista Hamilton da Silva, 37 anos, que conduzia seu próprio veículo, e morreu a cerca de dez quilômetros da cidade. As imagens foram registradas pelo cinegrafista Ronicley Parateco (HEIN?????? Isso é nome de gente, mesmo?), no dia 25 de agosto de 2008, exatamente no início da tarde de uma segunda feira. As informações são de Policiais Rodoviários Federais, que estiveram no local.

Usuário Android ou IOS clique AQUI.

Véi… Na boa… Nem sei se o mais triste foi o acidente em si, ou o nome do coitado do cinegrafista. Meus pêsames, Roni… Roni… Ronialgumacoisa.

Postei o link original do YouTube… Se der problema, me avisem, que eu o posto em outro lugar.

Bom, já posso adiantar a vocês, que até agora a nova série “Pessoas Bizarras” vem sendo bem aceita, por tanto, terá continuação. E posso adiantar ainda, que o segundo post da série, será ainda melhor que o primeiro. Já selecionei os vídeos, e quase não paro de rir com tanta falta de noção. Vocês não perdem por esperar pela próxima Sexta Feira. :D

Amanhã tem mais. Até a próxima. Beijo na bunda! :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários