,

Acidente de helicóptero mata 5, entre eles, filho mais novo de Geraldo Alckmin

Olá, você que já teve Pthirus pubis mas nem sabe a que se refere esse nome científico queridos leitores! Mais uma vez, peço mil perdões pelo sumiço. É que o tempo tá curto de verdade, e a prova de que sempre que dá, eu apareço, é eu estar lhes falando nesse momento. Enfim… as imagens do caso de hoje foram, em parte, enviadas pela minha maninha Karen Ribeiro, a quem agradeço por demais, e em parte, coletadas na net. Vamos ao caso:

age20150402496_1
Thomaz Alckmin

Um helicóptero da empresa Seripatri caiu sobre uma casa em Carapicuíba – SP, na tarde da última quinta feira (02/04/2015), sem deixar sobreviventes. Cinco pessoas morreram no acidente, entre eles, o filho mais novo do governador de São Paulo Geraldo Alckmin, Thomaz Rodrigues Alckmin, de 31 anos. Além do caçula de Alckmin, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, de 53 anos, e os mecânicos Paulo Henrique Moraes, de 42 anos, Erick Martinho, de 36 anos, e Leandro Souza, de 34 anos.

O acidente ocorreu por volta das 17h20, segundo os bombeiros. A Seripatri informou, em nota divulgada às 19h11, sem listar os nomes, que um piloto e três mecânicos faziam um voo de teste depois de uma manutenção preventiva. A confirmação de que houve uma quinta vítima só foi divulgada pelos bombeiros por volta das 20h30, também sem divulgar nomes naquele momento.

insta
Reprodução de uma imagem postada numa rede social da esposa de Thomaz

Após o impacto, a cauda da aeronave ficou sobre a residência e a maior parte do helicóptero caiu no chão, entre as árvores. Não há relato de feridos entre as pessoas que estavam nas imediações. O condomínio fica na altura do km 26 da Rodovia Castello Branco.

De acordo com a Associação de Moradores do condomínio Fazendinha (AMAF), a queda aconteceu dentro do condomínio, e atingiu o telhado de uma casa em reforma. Segundo a AMAF, os moradores não estavam no local.

Eurocopter EC 155 Interior
Uma das versões de interior da aeronave acidentada

A Aeronáutica informou, por meio da assessoria de imprensa, que está apurando o caso para divulgar as informações sobre o acidente. A aeronave, montada no Brasil pela Helibras,  era equipada com duas turbinas Turbomeca Arriel 2C2, tinha uma razão de subida de quase 6m/s, um alcance de 784km (com autonomia de 4 horas de voo com standard) e era preparada para operações em altitudes elevadas e em locais de maior calor. Estava com a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) em dia e com o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) válido. A aeronave da marca Eurocopter, uma das mais conceituadas do mercado, modelo EC 155 Dauphin, tinha prefixo e matrícula PP-LLS, e é considerada uma das aeronaves mais luxuosas do mercado atual (sendo também uma das mais caras). Dependendo de suas configurações, o modelo pode operar com 2 pilotos e até 12 passageiros (em versão utilitária), sendo uma aeronave muito utilizada tanto por órgãos governamentais (exércitos, esquadrões, resgate e polícias) quanto por empresas petrolíferas, para transporte offshore.

 

20150403151330 (1)
Helicóptero acidentado
1364
Aeronave semelhante a acidentada

A aeronave fazia um voo teste de balanceamento após a troca de uma pá do rotor principal. Era uma aeronave muito nova, pois tinha cerca de quatro anos de uso apenas, com aproximadamente 600 horas de voo.

helicoptero_20150402173617_1

gnews_caihelicoptero_20150402173827

gnews_caihelicoptero_20150402173806

20150403151330 (3)

20150403151329 (1)

20150403151329

20150403151330

20150403151330 (2)

E por hoje é só. Que descansem em paz.

Desejo a todos um ótimo final de semana, cheio de paz e bons acontecimentos.

Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda. :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários