,

Compilação de acidentes com Helicópteros

E aew, catimbozeiros galerinha do bem… Tudo na paz? Hoje, eu trago uma compilação de vídeos com acidentes de helicópteros. Não vejo nada mais justo, do que eu lhes mostrar tais acidentes. Alguns, provocados por burrice irresponsabilidade, outros, por inexperiência e os demais, por mera fatalidade. Lembro até, de alguns desses vídeos numa compilação postada aqui a um tempo atrás, que misturava acidentes de aviões e helicópteros. Eu gosto de comparar o helicóptero com a moto, pois ambos te dão uma idéia de poder, que você na verdade não tem. Um mínimo movimento errado, e tudo vai por água abaixo. É caixão e vela preta mesmo. É algo que exige muita perícia, concentração e prática exaustiva, além de raciocínio rápido e frieza, e ainda assim, por melhor que seja o piloto, existe o risco de algo dar errado. Tomara que algo assim nunca aconteça comigo, mas se acontecer, que eu venha servir de exemplo pra vocês, aqui no IÉB! Rsrsrsrs.

Grande parte dos acidentes acima, aconteceram por causa do toque brusco no solo. Certo que a decolagem e o pouso são as partes mais críticas do vôo (seja em aeronaves asa fixa, ou helicópteros), mas eu não entendendo como isso acontece com “tanta frequência”. A primeira orientação, na primeira aula de vôo, é de só tocar o solo quando a aeronave estiver totalmente estabilizada. Aí, os caras tocam parecendo um meteoro,… Só pode acontecer dessas mesmo. Avião é que toca assim, porque só anda pra frente, e só para em terra… Helicóptero, faz o que o piloto quer, em outras palavras. E aquele cara, que quis puxar uma lancha? Tinha mesmo era que se foder, pra deixar de ser burro e irresponsável. Também vi muitos pilotos decolando de qualquer jeito, sem levar em conta as condições do vento, voando muito próximo a cabos, fiação, e coisas assim. Um dano mínimo, seja no rotor principal, de cauda, ou qualquer parte da aeronave, é 99% do caminho andado para uma tragédia. A maioria dos acidentes foi mesmo por irresponsabilidade. E mesmo vendo isso, ainda tem quem arrisque fazer coisas assim:

O que ele demonstra são manobras básicas, e ele tem um bom domínio sobre a máquina, porém o local é mais que inadequado, e em hipótese alguma, ele poderia estar fazendo isso aí, colocando a vida dele e de muitos outros em risco. Ainda não entendi, como esse que se auto intitula de “Comandante” Johnnie Walker não perdeu seu brevê, e recebeu multas milionárias. O YouTube tá cheio de vídeos dele fazendo barbaridades, como pousando em cima de uma criança. Comandante? Não mesmo. Comandante é aquele que zela pela segurança de quem está a bordo, e daqueles que estão ao seu redor.

Por hoje é só. Amanhã tem mais.

Até a próxima. Beijo na bunda! :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários