,

Assassinato em Pernambuco

Fala povo e póva do IEB, Tranquilos? Desculpem não estar tão presente (ao menos, visivelmente) nos últimos dias, houveram alguns problemas de saúde (é uma merda ser velho, puta que me pariu…), houveram também problemas no filtro de SPAM e fiquei resignado a moderar comentários enquanto o Danibrowser fazia das tripas coração com salada mista de plugins no site, (Sim, voces devem ter notado uma ou outra mudança no sistema de comentários), e portanto acabei ficando mais com “trabalho interno” e longe das postagens em sí. Porém, estou de volta.

O que trago hoje pra vocês é uma dica enviada por email do Peu Maciel (thanks, Bro! Safe flying, safest landings!). Vou-lhes já reiterando que não sei se já foi postado, mas ao menos esta história teve um desfecho. Vamos á ela:

Quinta feira, 15/11/2012 aconteceu um crime bárbaro, nas proximidades da cidade de Agrestina – PE.
DSC_0143
A vitima, Silvana Maria da Silva, de 25 anos, residia na cidade de Altinho, e foi atropelada e arrastada até a morte.

DSC_0156
Segundo informações, a vitima teria saído de casa por volta das 14:00, na companhia de seu esposo, rumo ao Clube Variante, que se localiza na zona rural de Agrestina.

DSC_0157
Daí por diante, não se sabe o paradeiro do esposo. O que se sabe é que ela foi encontrada morta as margens da BR.

DSC_0159
A vítima foi arrastada por quase dois quilômetros, onde neste percurso veio até a perder o coração na pista.

DSC_0160
A equipe do Samu de Agrestina, esteve no local mas já não pôde fazer mas nada.

DSC_0161
A equipe da PRF da cidade de Caruaru esteve no local, juntamente com a Policia Civil.

DSC_0162
As unidades estiveram acompanhando o levantamento realizado pelo I.C..

DSC_0165
Em seguida o corpo foi encaminhado para o IML de Caruaru.

DSC_0141
A polícia trabalhava na hipótese de acidente também.

DSC_0168

Em que espécie de atropelamento, um veículo poderia arrastar um corpo por praticamente dois kilômetros?

DSC_0172

Parte “identificável” da vítima:

DSC_0170

O DESFECHO:

O  esposo da vítima é Juriatan Araújo da Silva, vulgo “Jura” de 40 anos. Ele foi preso na noite da terça-feira (27-12-2012), quando fugia com mais dois comparsas, com uma caminhoneta Hilux prata, que haviam acabado de roubar em Caruaru. Na fuga trocaram azeitônas com a PM num sítio das redondezas, capotaram a caminhoneta, e um menor do bando foi baleado e morreu no Hospital Regional de Caruaru (O que esperar do mundo do crime? Tsc… Tsc…).

DSCF5466
“Jura” foi levado para a 2 DP, onde prestou depoimento e negou participação no assalto, dizendo apenas que foi contratado para levar o carro até Campina Grande-PB, porém ele foi reconhecido pela vítima como um dos participantes.

DSCF5467
Em relação ao assassinato da sua esposa, ele apenas disse que ela estava com ele no carro, discutiram e ela se jogou do veículo, ele então seguiu viagem e não percebeu que ela havia ficado pendurada, mas logo depois confessou o crime. (Jura, “Jura”? tremenda cara de otário que você tem, além de mentiroso, assassino e vagabundo, heim?):

imagem
Logo após ter alta do H.R., “Jura” foi encaminhado ao presídio juiz plácido de Souza, na cidade de Caruaru, onde no momento está levando uma trolha gigante no rabo, mas jura que ainda é “virgem de cu”.

Uma pena que não morreram TODOS estes bandidos de merda… Mas ao menos estão presos… POR ENQUANTO.

Sonzinho aê, pra comemorar:

E era isso, macacada! Ainda nesta semana tem mais. Stay tunned.

 

Comentários