,

Criança de 11 anos agonizando com um tiro na cabeça (Atualizado)

Boa tarde, queridos queridos leitores! Me desculpo com vocês por não ter postado ontem. Acabou, que cheguei em casa de madrugada, e como ainda tinha que editar o vídeo, optei por deixar para hoje. O vídeo, mostra uma criança de 11 anos, agonizando após levar um tiro na cabeça. Não tenho mais informações além da idade do garoto, mas sabe-se que o fato ocorreu no Brasil, o que mostra a muitos que este tipo de realidade não existe apenas no inferno na Síria. Eu acredito que, pelas roupas e luvas, o pequenino estava jogando bola, no momento do acontecido. Não sei se o garoto é inocente, se o tiro foi por acaso, ou se atiraram de propósito. Enfim, informações são muito bem vindas.

____________________________________________________________________________

Atualização 17/07/2013 – 14:25

A leitora Bruna enviou um link, que continha a seguinte notícia:

“É grave o estado de saúde de um menino de 10 anos que foi baleado na cabeça enquanto jogava futebol com colegas em um campo improvisado na Avenida das Garças, em Rio Doce, Olinda. Internada no Hospital da Restauração (HR), no Recife, a criança respira com ajuda de aparelhos na sala de recuperação, após ter sido submetida a uma cirurgia na noite de ontem.

O garoto foi socorrido por uma equipe da Polícia Militar que fazia rondas pelo local. ma PM que participou do socorro afirmou que a criança foi ferida com três tiros, mas não soube precisar os locais. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) de Olinda. 

De acordo com os moradores da área, o local onde aconteceu o crime é utilizado como ponto de uso de drogas. Testemunhas contaram que os disparos foram praticados por dois homens que se aproximaram em uma bicicleta. As primeiras informações que chegaram à polícia apontam que os desconhecidos queriam atingir usuários de drogas.

A mãe da criança, uma comerciante de 32 anos, disse que estava trabalhando quando recebeu a notícia envolvendo o filho. “Era comum ele ir para o campinho jogar depois do almoço. Não sabia que havia viciados no lugar”, garantiu.

O padrasto do menino, um graniteiro, afirmou que a criança estava jogando como goleiro e não conseguiu escapar porque estava próximo a um muro. “Atingiram uma criança inocente. Espero que isso não fique impune”, afirmou.”

Bom, eu não sei se a notícia explica o vídeo, ou se são casos completamente diferentes, mas decidi postar mesmo assim.

Usuário Android ou iOS clique AQUI.

Por hoje, é só, galerinha. Sugestões de posts no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda! :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários