, , ,

O que fazer com um FILHO da PUTA como este?

Pessoal, inicialmente, já peço desculpas pela minha indignação sobre esta matéria e aos administradores do site, já digo que não vou por imagem de destaque, pois esta matéria não merece. Este meliante não merece destaque, nem aqui, nem na puta que o pariu.

Rodando pela net, encontrei vários enunciados sobre este caso, que comoveu e indignou a todos por este mundão afora. Em Klang, Malásia, a polícia prendeu este maldito filho da puta, cuja punição, deveria ser transformá-lo em um eunuco, com uma faca cega com o tétano pingando.

A polícia se mexeu e prendeu este indivíduo, após um vídeo de quase 9 minutos, contendo cenas de espancamento à criança cair na rede social Facebook. A vitima, um menino de 3 anos, sem a menor possibilidade de defender-se, foi espancado de todas as formas, modos, meios, enfim, por este animal, filho de uma quenga rampeira comida de HIV. Não me perguntem quem filmava, já pesquisei a respeito e nada encontrei.

Vasu Amaithi Padai foi o responsável por upar o vídeo no Facebook, que desde então, recebeu 17278 compartilhamentos por usuários indignados pedindo justiça.

Em um comunicado à mídia, a Polícia Real da Malásia, informou que o vagabundo envolvido era o padrasto da criança, de 32 anos (me poupem, mas, um marmanjo de 32 anos, contra uma criança de 3 anos? Não preciso falar mais nada! e está sendo investigado sob a Seção 31 (1) (a) Lei das crianças de 2001 (deve ser igual ao nosso Estatuto da Criança e do Adolescente).

Se for condenado, pagará multa ou pegará até 10 anos de prisão (tomara que, na prisão que este cara ficar hospedado, tenha como companheiro de cela, um negrão [pode ser um branquelo skinhead também] de 2 metros de altura, com uma mão do tamanho de uma raquete de tênis e que as articulações dos dedos, sejam iguais como joelho de camelo, só para receber um toque prostático a cada 10 minutos) ou ambos.

A criança foi internada para avaliações no Hospital Tengku Ampuan Rahimah sob supervisão do Departamento do Bem Estar Social.

Sem muito mais o que expressar, tentem assistir sem comover-se.

Post Scriptum 1: Confesso a todos, que chorei vendo este vídeo. Nunca levantaria a mão para meus filhos, desnecessariamente, quem dirá, espancar uma criança que não é sua? Aos meus filhos, quando é preciso palmadas, nunca usei artifícios, como vara, cinto, chinelo, além de que, duas palmadas acho que é o suficiente, porém, quando o faço, recolho-me ao meu quarto e choro de remorso.

Post Scriptum 2: Meus caros, o choro é uma forma de expressão e não tira a masculinidade de homem nenhum. Portanto, gozação acerca deste assunto, seja zoando o autor, ou qualquer leitor que diga que chorou também, não será aceito. Dependendo do teor do texto, irá para a lixeira, ou para o spam.

Tenham uma boa tarde, espero não ter estragado o dia de ninguém, com imagens grotescas como esta.

Fiquem na paz e se cuidem!

Fabiano MadDog

Comentários