,

O poder do fogo

Opa, pessoas que fazem escândalo só por causa de uma baratinha meus queridos e queridas. A dica de hoje, foi passada para mim pelo leitor Reginaldo Ribeiro, ou, o Sanguinolento Do Norte, via Facebook. Segue a descrição:

“Incêndio na boate Rhode Island, nos Estados Unidos em 2003, matando 100 pessoas e deixando outras 130 feridos. As semelhanças com a tragédia brasileira da cidade de Santa Maria são surpreendentes.

Este vídeo é profundamente perturbador em muitos níveis. Eu sou bombeiro profissional, e venho usando-o há anos para ajudar a ensinar novos bombeiros na academia sobre a incrível capacidade do fogo em se dispersar, e a importância da codificação rigorosa das saídas de emergência.
Não publico este vídeo com a intenção de ser macabro ou sensacionalista, minha esperança é que este seja visto com alerta preventivo contra novas tragédias semelhantes”.

John Barylick, autor do livro “Killer Show”.

Usuário Android ou iOS clique AQUI.

Para ver o post sobre a Tragédia de Santa Maria, clique AQUI. Deve ser realmente agoniante morrer numa situação dessas. Notem quão pouco tempo o fogo leva para tomar todo o local… É realmente impressionante.

No mais, sem mais. Por hoje é só, pessoas. Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda! :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários