,

Pra você que pensa "Como se capota numa reta?"

Olá, baixinhos fã do Xou da Xuxa queridos leitores! Aqui estou mais uma vez, utilizando a mínima brecha que aparece em meu tempo corrido (agora eu posso dizer que sei o que é não ter tempo nem para cagar de maneira honrosa Rsrsrsrsrs). Enfim… Os agradecimentos de hoje, vão para o leitor Leonardo Ferreira, que enviou a sugestão via Facebook.

Marcala em La Paz, Honduras – Um morto e onze feridos é o “saldo” em um acidente com um carro de uma comunidade chamada SigamaneMabel Hernandez, 15 anos de idade, morreu de ferimento grave na cabeça durante o impacto, ao sua cabeça se chocar contra o solo. Segundo a Cruz Vermelha foi um poli traumatismo que causou sua morte.

Usuário Android, iOS ou Windows Phone clique AQUI.

Eu realmente não entendi porque o motorista começou naquele zig zag. Não sei se é o caso, mas me pareceu que ele quis se exibir para a câmera. Sei lá…

Enfim, pessoas, mais um vez peço desculpas por minha ausência. Juro que tow fazendo de tudo para aparecer por aqui o máximo que posso… é que meu tempo realmente está corrido. Espero que me entendam. No mais, desejo um ótimo final de semana a todos vocês. :)

Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima! Beijo nas nádegas. :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários