,

Todo castigo pra ladrão é pouco

Oláááááááá você que quando bebe chega a ver gnomos queridos leitores! Aqui estou eu mais uma vez, hoje com uma dica da loiríssima gatíssima Laleska Liberato. Thank you, girl!

O incidente foi registrado pelas câmeras de circuito interno da estação, que mostram o assaltante caminhando tranquilamente em direção à vítima, que falava ao telefone, antes de tomar o aparelho e tentar sair correndo pela porta.

Mas no momento em que ele saía, um ônibus chegava ao local e o atingiu. O homem caiu e foi parar debaixo do ônibus, para horror das pessoas que aguardavam na estação.

Algumas pessoas viraram a cara para não ver a cena, mas outros correram para ajudá-lo, incluindo a mulher de quem ele havia levado o celular. No final, o ladrão sofreu apenas ferimentos leves, mas foi preso com outros cúmplices.

E a vítima do roubo recuperou o celular.

Pena não ter morrido =/

Usuário Android, iOS ou Windows Phone clique AQUI.

Prometo tentar aparecer mais, galera. Quanto aos vídeos perdidos, o Leitor Fabiano Camargo está me dando uma força imensa, fazendo compilações com os vídeos postados aqui. Assim que der, postarei (as compilações incluirão vídeos postados por mim, e por outros autores, mas pelo menos serão recuperados).

No mais, sem mais. Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda, Raimunda! :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários