,

Era uma vez mais uma…

… puta de bandido. É incrível como essa chinelagem não se toca que a vida do crime é curta.

Mas antes que entremos em detalhes: Como vão vocês? Eu tô bem, obrigado. Distanciei-me um pouco por problemas de saúde (malditos cálculos renais) – (sempre odiei matemática) – (whatever), e por conta disso, fiquei um pouco afastado. Claro que ninguém aqui sentiu a falta do autor mais odiado do site, mas não tem problema… Vou continuar por aqui ainda por muito tempo, para a alegria dos adoradores do foda-se alhêio, e para a tristeza dos marginaizinhos de plantão.

Uma novidade é que pretendo lançar uma matéria especial todo domingo (talvez não seja todo domingo, já vou avisando!), e será intitulado como “Post Nada Imenso de Domingo”. Nele, como a lei da ironia demanda, conterá uma matéria IMENSA sobre bizarrices regionais, reportagens especiais, entrevistas, enfim: O que rolar de mais bizarro ao meu alcance por aqui. Espero que gostem.

Quero também manifestar MEUS FILHADAPUTESCOS PARABÉNS AOS QUE PASSARAM NO CONCURSO 2013 DE NOVOS AUTORES:

Cudocamelo (kkkkkkkkk!!!Esse nickname é de lascar!) e Peu (Valeu, manolo!). (E acho que tem mais um, mas não lembro o nome).

Anyway, parabéns, bandigay. Faca na caveira daqui por diante e vamos que vamos que o show não pára.

Essa quem mandou foi o Alexandre Eisenhouer, via Facefuck. (Valeu, Feraaa!):

Conhecida na Bahia por namoros com traficantes e envolvimento no comércio de cocaína, Kelly Sales Silva, 22 anos, apelidada de “Kelly Cyclone” (vou simplesmente apelidar de kelly: “kellynguiça Nabunda”!) , foi pro saco na madrugada desta segunda-feira em Lauro de Freitas (BA), na região metropolitana de Salvador.

puta1(Sei não, heim? Não foi bem a gente que se fodeu…)

Não há informações sobre a autoria da façanha. De acordo com familiares, a jovem estava em um show com uma das irmãs antes de ser morta (funk, no mínimo). Os parentes de Kelly acreditam em crime passional e dizem que no momento da morte ela possivelmente estava com um ex-namorado conhecido como “Gustavinho”. Ele seria, de acordo com o relato da família, filho de um policial. (ihhh, tá…)

Kelly ganhou notoriedade na Bahia após ser presa em fevereiro de 2010 durante um evento que ficou conhecido como a “festa do pó na Boca do Rio”. Na época, ela foi apontada pela polícia como uma dos seis traficantes detidos no local. A jovem trazia no corpo tatuagens que chamavam a atenção, como um dragão que cobria a perna, a inscrição “Vida Loka” (que merda!) e o nome de um ex-namorado.

puta2

Ela teve um relacionamento amoroso com o traficante Sidnei Ferreira da Silva e divulgou fotos dela com armas nas redes sociais (que piada… Chinelagem sempre quer pagar de fodão…). De acordo com informações preliminares da polícia, ela estaria em companhia de traficantes que faziam uma série de roubos na região quando foi morta, o que foi negado por parentes dela. (Claaaaro!)

A PM ainda informou que ela teria participado da troca de tiros com policiais que perseguiam os criminosos.

Familiares de Kelly negam que a jovem tenha participado de roubos ou que tenha ligações com traficantes (Aham, senta lá, famíliazinha!). Dançarina de pagode, ela chegou a declarar que pensava em disputar uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores de Salvador em 2012. (Vê como uma dançarina de pagode, traficante e vagabunda, seria útil como vereadora… )

O corpo de Kelly está no Instituto Médico Legal (IML) da capital baiana.

Já a alma, encontra-se no inferno, pagando boquete com molho de pimenta malaguêta pro capirôto.

E antes que me perguntem: NÃO TENHO PENA NENHUMA. Porque não interessa se é homem ou mulher: Chinelagem bom, é chinelagem _ _ _ _ _ . (complete a frase!)

E um Excelentíssimo Final de Semana Aos Senhores, em especial ao Alexandre Eisenhouer, Cudocamelo (kkkkkkkkkk!!!), e pro Peu.

Tá bom… Pro Danibrowser, DraftL e Caiky também. Todos merecem.

Comentários