, , ,

Imaginem a dor

Olá bezerros, tudo bem?

O post de hoje me fez fazer caretas em frente a tela do pc. UAL, fazia tempo que não sentia aquela fisgada no esôfago ao ver cenas com sangue.

Não sei vocês, mas esse vídeo me fez lembrar minha infância… Não que eu perdesse a pele do braço constantemente, mas sabe quando você jogava futebol e dava com o bico do dedão na calçada e perdia o tampão do dedo? (Sim, minha gente, eu jogava futebol). Ai sua mãe, reclamando que você deveria jogar de tênis (Mães… Nunca entende as regras da rua), fazia aquele curativo com gaze no machucado e te mandava ir brincar de novo. Você voltava toda feliz e nem lembrava mais do machucado, porém, quando ia tirar aquela porra do dedão e aquele treco ficava agarrado… ARGH…Nem sei descrever a dor. Vocês lembram o quanto doía? Agora multiplique essa dor por 400.000 e imagine ela no braço todo. TARÃM…Você, talvez, conseguirá imaginar a dor desse homem. E eu ainda nem falei dela passando aqueles remédios que ardem mais que o fogo do inferno (merthiolate que não arde minha vó de calcinha em Ipanema).

Após essa descrição do vídeo vocês devem estar curiosos… Acompanhem as imagens surpreendentes:

Está pelo celular? Clique aqui e veja o vídeo.

 

Doeu até em mim.

Bom final de semana pra todos vocês e cuidado com sua pele, sem ela você iria sentir muita dor.

Written by cudocamelo

Sim, Cudo é uma menina.

Comentários