,

Tem certeza que pela estética vale qualquer coisa? (Andressa Urach)

Inclusive desgraçar partes perfeitas de seu corpo, tentando melhorá-las?

Olá, investidores da Petrobrás queridos leitores! A matéria de hoje fala de um assunto bem divulgado na mídia. Antes de mais nada, quero dizer que os créditos são de minha veterinária preferida Rayssa Hasters. Beijão pra tu, moça!

Vamos ao post…

Andressa Urach voltou aos holofotes nesta segunda-feira, quando imagens de sua passagem pelo hospital foram divulgadas por uma agência internacional. A apresentadora, que ficou internada quase um mês na unidade de terapia intensiva (UTI) do Grupo Hospital Conceição (GHC), em Porto Alegre, aparece nas fotos com ferimentos abertos na perna, causados por uma infecção, decorrência de complicações de uma aplicação de hidrogel feita há cinco anos. A modelo foi submetida a uma drenagem cirúrgica, procedimento que freia a infecção, e ficou em estado grave, respirando com auxílio de aparelhos.

Apesar do sofrimento, Andressa posa maquiada para algumas das fotos, em outras até sorri. Escrava da beleza e conhecida por sua busca pela fama, ela levantou na internet questionamentos sobre ter divulgado as imagens para ser notícia. Contudo, a assessoria da apresentadora afirma ao site da VEJA não ter conhecimento sobre quem fez as fotos e que ainda não teria falado com ela sobre o assunto. No último sábado, dia 3, e modelo foi vista pela primeira vez após a internação, andando na praia, em Florianópolis, com curativos nas pernas.

Hidrogel – Feito de uma substância chamada poliacrilamida, um tipo de polímero, e água, o hidrogel pode ser aplicado para aumentar partes do corpo, como pernas e glúteos, e preencher linhas faciais, mas seu uso vem diminuindo. Denise Steiner, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que as substâncias preenchedoras podem causar complicações de dois tipos principais, alérgica ou infecciosa. A primeira acontece quando o organismo identifica a substância como um corpo estranho e tenta eliminá-la. Quanto mais tempo ele permanece no organismo, maior o risco de  causar o segundo tipo de complicação: a infecção.

Quando o hidrogel é inserido no organismo, algumas bactérias podem entrar junto com ele, formando uma camada chamada biofilme. Na maior parte dos casos, os micro-organismos não causam prejuízo, mas alterações no sistema imunológico, por exemplo, podem fazer com que as bactérias comecem a se proliferar, causando uma infecção generalizada.

Pouco depois de completar 27 anos, celebrados em outubro deste ano, Andressa se deixou fotografar em uma clínica de estética, onde fez aplicações de botox no rosto. “Tenho medo de envelhecer”, disse na época.

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-006-size-598

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-003-size-598

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-001-size-598

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-002-size-598

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-005-size-598

entretenimento-cirurgia-andressa-urach-20150104-004-size-598

Repito: Tem certeza que pela estética vale qualquer coisa?

Enfim… deixou aqui meu feliz ano novo pra todo mundo, mesmo que com 5 dias de atraso. Desejo paz e saúde a todos vocês… com isso aí, o resto a gente pode correr atrás. ;)

Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda! :D

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários