,

Filmes Bizarros #10 – The Poughkeepsie Tapes

O filme de hoje foi uma dica pelo Facebook do Wellington Marques e, para começar esse texto, vou usar as palavras dele que define exatamente sobre o estilo do filme: “É mais terror psicológico do que bizarro

Infelizmente não poderei falar sobre esse filme sem antes fazer um spoiler que eu não gostaria de fazer, mas sem ele esse texto irá ficar muito sem graça. Por isso recomendo que assistam ao filme antes (não pesquisem nada na internet, só assistam).

OBS: Se você não gosta de tortura, estupros, drama e coisas afim não assistam. Pais que acompanham o blog, controlem sua raiva.

Ficha técnica:

Título Original: The Poughkeepsie Tapes
Diretor: John Erick Dowdle
Gênero: Terror
Ano de Lançamento: 2009
Idioma: Inglês
Tempo de Duração: 90Minutos

Galera,  o download eu fiz pelo torrent pelo http://thepiratebay.sx/torrent/5141546/The.Poughkeepsie.Tapes.DVDRIP.2009-KiSSJouR.av

Clique em “GET THIS TORRENT DOWNLOAD ANONYMOUS”

A legenda eu baixei no http://www.legendasbrasil.com.br/ (melhor site para legendas, sério)

Se alguém tiver alguma dúvida de como baixar me avise, eu tento ajudar.

___________

 

The Poughkeepsie Tapes conta a história de um serial killer que aterrorizou a cidade de Poughkeepsie, interior de Nova York. Tudo começa quando agentes do FBI encontram fitas das vítimas do “carniceiro do rio” (como o serial killer era conhecido) e, só então, passa a ter ideia de como todo o trabalho era realizado pelo homem. Segundo relatos de agentes do FBI esse não era um serial killer comum, mas sim o melhor de todos que já haviam visto. O assassino estuprava, torturava, mutilava e tudo o que você pode imaginar com suas vitimas. Qual era o diferencial do monstro? Ele não era uniforme com suas escolhas, não seguia um padrão e por isso era impossível localizar o assassino. Segundo o relato de alguns agentes, o carniceiro era organizado, desorganizado, tranquilo, alterado, louco, sofreu algum trauma na infância, assassino sangue frio, apenas um coitado, matava por prazer, matava para se ajudar. Por esse motivo, trazer justiça para as vítimas era um trabalho e tanto. Simultaneamente, o filme relata a história de um inocente policial que foi condenado a pena de morte acusado de ser o carniceiro, a continuidade da trama do seu filho que continuou sofrendo o preconceito pelo o que aconteceu com seu pai e a historia de Cheryl Dempsey a única sobrevivente do assassino em série e a que mais sofreu. A menina passou 8 anos nas mãos do carniceiro.

Resumindo o que o filme retrata, é isso. Lembrando que tento não entregar as partes mais chocantes, pois se não o filme perde o sentido.Eu lembro que assim que comecei com os “filmes bizarros” me falavam que A serbian film era o filme mais tenso que já tinham visto. Sinceramente, The Poughkeepsie Tapes da de mil a zero nesse quesito. Um filme da Servia fica parecendo Xuxa e os duendes depois disso.

[CONTÉM SPOILER, POR FAVOR, ASSISTA AO FILME ANTES]

Agora vem o spoiler mais spoilisado do mundo, apesar de ser muito muito muito bem gravado para parecer um documentário (eu tive que pesquisar na internet para saber se era real ou não), o filme é realmente “um filme”. O assassino nunca existiu. Por qual motivo acho que isso é o spoiler mais spoilisado? (apesar de não contar nenhuma parte do filme… Enfim) é que, apesar de o filme ter um tema bastante forte, quando você fica sabendo que é só um filme não é o mesmo choque (Mas eu ainda tenho medo de diretores que pensam nisso). Os atores são muito bons, pois realmente parecem apenas cidadãos naquelas entrevistas escrotas de canais americanos. Assistam e somente assim entenderão como o filme é intenso.

Eu não sei se eu não entendi muito bem a mensagem que o filme queria passar, ou se o filme era somente pra chocar mesmo, mas a única ideia que me vem na mente é: “Tome muito cuidado na rua, ninguém é confiável”. Com certeza não são todos que vão gostar desse filme (eu não sei se eu gostei ou não). Se você não tem nada pra fazer, nenhum filme pra assistir e tem estômago forte, assista eu recomendo. É claro, não é um filme pra se divertir. Confesso que foi um dos únicos filmes que me deixaram de estômago revirado. Além disso, é uma temática que te prende, sem aqueles clichês americanos de adolescentes fazendo sexo até em cima do teto.

Espero que tenham gostado e até o próximo filme que, com certeza, vai mexer com vocês.

Um beijo!

Written by cudocamelo

Sim, Cudo é uma menina.

Comentários