, ,

A beleza e o horror de um parto natural: normal e em contato com a natureza

Pensei bastante antes de fazer esse post, pois não sabia (e ainda não sei) se esse vídeo realmente cabia no IÉB. Por fim, decidi postar não por achar isso bizarro de fato, mas por saber que é uma parada difícil de assistir, que impressiona muita gente, principalmente quem nunca viu de perto tal fenômeno humano.

Todos nós sabemos como é um parto normal, pelo menos imaginamos. Sabemos também toda a simbologia que é dada ao fenômeno, a questão do nascimento de uma nova vida, o milagre da vida e tal

A ciência desenvolveu a cirurgia cesárea e logo isso foi popularizado, pois além de praticamente resolver a situação em gravidezes de risco, também diminuiu a traumática relação da mãe com o parto, mesmo que force essas mães a respeitar uma maior recuperação. O parto normal, visto com terror por muitas mulheres hoje, aos poucos vai sendo esquecido e começam a surgir grupos que defendem o parto normal, a naturalidade do parto normal, que na verdade é menos agressivo ao corpo da mulher, tem uma recuperação muito mais ligeira, e etc. Eu não vou entrar nessa discussão profundamente, mas meu ponto de vista pensa a respeito da autonomia completa da mulher. Ela faz o que achar melhor para si e seu bebê, e em casos específicos, o que a medicina recomendar.

Porém, um vídeo me chamou bastante atenção algumas semanas atrás. Você já viu aqui no IÉB vídeos de partos normais, porém, esse se difere em vários pontos. Primeiro porque a família toda, chegando o nascimento do bebê, vai para uma espécie de retiro natural, um lugar de fato muito bonito. Segundo, porque a intenção é fazer um parto totalmente natural, não só normal, mas também em contato com a natureza. Terceiro, porque família (incluindo crianças) ficam todos ali reunidos (e nús), esperando a chegada do bebê. Quarto, porque a mãe, que parece entendida do assunto, contribui com as melhores formas de estimular o nascimento, incluindo a melhor posição para o nascimento (sim, a mulher dar a luz deitada, foi uma invenção humana na idade média. A intenção era deixar o parto mais bonito. A posição correta é a que a mãe do vídeo fica, como se estivesse “cagando”, de fato, hehe). Quinto, porque que esse vídeo foi filmado em Alta Definição. Sim, você pode se assustar com o parto normal em 1080p, pira (!).

parto normal na naturez

Enfim, já falei demais, não é mesmo? O vídeo tem 22 minutos e registra todo o processo do parto. Se você é um daqueles apressadinhos, você pode pular para o minuto 11, que é onde a ação começa. Veja abaixo:

E aí, o que acharam? :D

Pressinto homens agradecendo, hehe. Mas fala aí: mulher é bicho de outro mundo mesmo né? Pago muito pau pra elas :p

 

Written by Danibrowser

Fundador do IÉB, o administra desde 2007, e não viu nem 1% da bizarrice do mundo.

Comentários