, ,

China Comunista – A realidade nas grandes fábricas

Olá Bizarreiros, Obrigado a todos que me desejaram ”boas vindas” ao Blog.

Hoje trago um post light para vocês. Uma matéria extraordinária sobre a realidade da famosa ”MADE IN CHINA” que você provavelmente já encontrou em algum objeto de tecnologia. Existe grande parte nessas bonecas e brinquedos atualmente.

Mas vamos ao que interessa.

foto partido comunista china

 

Você já imaginou um país com apenas 1 bilhão e 350 mil pessoas!? Só para ter uma ideia são 6x a população do Brasil. Se a concorrência aqui já está grande imagina por lá? Então é óbvio que terá uma mão de obra barata e para não morrerem de fome, muitos escolhem trabalhar nas famosas fábricas de tecnologia como a Appy, FoxCoonn entre outras.

É comum que muitos trabalham 16 a 18 horas por dia, dormem no local de trabalho e tem péssimas alimentaçãos para apenas continuarem trabalhando sem parar. SEM PARAR!

Incluindo os domingos e feriados! putz

Reclamar do trabalho? Além de ser demitido sua carteira será manchada (Aqueles contatos que as empresas mantém entre si)  e você provavelmente não conseguirá trabalhar em outro lugar. Sua reputação ficará como um ”MAL FUNCIONÁRIO”.

Pode não ser a coisa mais bizarra, mas isso acontece todos os dias.

Abaixo uma foto de um casal ”Descansando”.

Casal dormindo trabalho

 

 

O que não poderia faltar também nessa china comunista bizarra, é a exploração de crianças nessas fábricas.

criança trabalhando

                      (foto retratando mãe e filha trabalhando)

Muitas das vezes famílias inteiras praticamente ”migram” nessas fábricas em busca de uma ”vida melhor” o que na verdade é um grande pesadelo.

(AQUI VOCÊ É APENAS UMA PEÇA DE UMA MÁQUINA)

UMA CARTA DE LÁGRIMAS

CARTA

Outra parte bizarra é que em em outubro de 2012 uma mulher norte americana, Julie Keith, natural de Oregon, Estados Unidos, mal podia imaginar a tragédia que estava por trás do brinquedo que comprou  denunciando o trabalho escravo que passam os funcionários das fábricas.

 

A letra era trêmula e o cenário descrito de verdadeiro atentado aos mais básicos direitos humanos. O homem, que se identificou apenas como Zhang, de 47 anos, descrevia como eram passadas as 15 horas de trabalho diárias, sem qualquer pausa em qualquer dia da semana, em troca de um salário de miséria. Além disso, os espancamentos, torturas de sono ou outras práticas semelhantes eram comuns na fábrica.

São comuns as mortes por doença ou suicídio de muitos dos trabalhadores. Por isso, Zhang pedia na carta: “se você comprar este produto, por favor, mande esta carta para a Organização Mundial de Direitos Humanos e mais embaixo escreve:

”Milhares de pessoas na China, que sofrem a perseguição do Partido Comunista, vão ser  gratas para sempre”

Abaixo um pequeno vídeo retratando que muitas das vezes acontece ondas de suicídios entre esses funcionários.

FIM

(Mundo paralelo)

charge

 *Lembrando que não faço alguma apologia ao comunismo.

FORTE ABRAÇO!

Written by Coruja

Nascido no interior do Paraná, viveu a infância nos EUA e mora atualmente em Cuiabá. Amante das músicas clássicas, livros, séries e das mais bizarras histórias de guerras. Autor do iéb desde Abril/2015.

Comentários