Músicas bizarras

Seguuuuuuuuuura, rebanho de bois-corneta queridos leitores. Queria começar o post de hoje mandando aquele alô para meus amados vizinhos de Alagoas. Estou na terrinha de vocês hoje (Maceió), e ainda estarei amanhã (União dos Palmares), justamente motivado pela música. Como ontem, fiz um post numa área que entendo bastante, hoje resolvi fazer outro, noutra que também conheço muuuuuuito bem (Posso dizer que amo as duas por igual): A própria música. Longas conversas no Skype, entre eu e a Deusa Grega da beleza querida leitora (e agora, uma amississima), Natália Merchan (Kisses to you, dear), inspiraram essa ideia, e então saiu esse post em conjunto com ela. Vamos ao que interessa…

O que é música? Resumidamente, é a arte de expressar os sentimentos, através dos sons. Divide-se em 3 partes: Harmonia, Melodia e Ritimo. É considerada por diversos autores como uma prática cultural e humana. Atualmente não se conhece nenhuma civilização ou agrupamento que não possua manifestações musicais próprias. Enfim, como em tudo que existe nesse mundo, a música também tem bizarrices ao extremo. Tanto os músicos, quanto as letras e “levadas”. O mais bizarro disso tudo, é a falta de criatividade do povo. Quer exemplos? “Créééééu… Créééééééu”… Sem comentários. Mas o que nos levou realmente a fazer esse post, não foi nada mais, nada menos, que esta obra de arte canção (Se é que pode-se chamar assim) da Valesca Popozuda (quem? O.o) com o Mr. Catra (quem? O.o ²). Observem:

 

Nossa, gente. Me caem lágrimas dos olhos, pois estou imensamente comovido com a frase “(…)Logo encharcou minha Xota, e ali percebi que piscou meu Cu.” (confesso a vocês, que parei de ouvir nessa parte , quebrei o computador, mastiguei o cabo da internet, cortei os pulsos, e ainda ativei artefatos explosivos colados em minhas orelhas). O que dizer de tal filosofia? Deste pequeno trecho que nos faz tanto bem, tantas vezes confundido com palavras de imortais como Carlos Drumond de Andrade, Paulo Coelho, Clarice Lispector ou mesmo o grande e expledoroso Shakspeare?! Destes colóquios tão magníficos e emocionantes, outrora explanados com tanto louvor por Dalai Lama, e visto com tanta importância pelo grandioso Eistein?! Fico feliz em  saber que nossas crianças irão crescer com um grau cultural tão elevado. No meu tempo, não tinha disso, não. Só tinham músicas sem conteúdo, como as de rélis artistas como Agepê, Emílio Santiago, Gilberto Gil, Scorpions, Queen, Roxette, Whitney Houston e por aí vai. Tava sem ideia do que presentear sua mãe no próximo domingo? Seus problemas acabaram: Coloca esse clássico aí em cima num CD, e faça sua mãe feliz com tantas palavras de amor e carinho. Não se esqueça de pedir a ela pra colocar essa obra de arte no som com a família toda presente.

 

Mas, se toda bizarrice acabasse por aí… Beleza!!! Normal. Certo que, as vezes, nos deparamos com alguns pequenos deslizes como “A lua iluminando o sol” (What? Como assim?) numa música da Paula Fernandes, ou até um Tchê Tchererê Tchê Tchê, só pra compensar a falta de criatividade na música de algum desconhecido meu, e acabar rimando, mas até aí, a gente releva. Aí, é onde venho mostrar pra vocês uma coisa que, dificilmente, quem não é músico, percebe. A falta de criatividade vai muuuuuito além da “poesia” das canções. E na verdade, esse tipo de coisa é bem mais comum do que a gente imagina. Tá difícil de entender o que estou querendo dizer, né? Dá uma sacada nesses dois vídeos aí embaixo:

 

Viram só como estamos bem de música em nosso país? E eu pensando que Mozart, Chopin, Charlie Parker, Steve Vai e B.B. King eram grandes músicos. Que loucura minha pensar isso.
Para finalizar o post, deixo dois exemplos de música de verdade, em estilos beeeem diferentes, para tentar satisfazer a todos os gostos. Pra quem curte Rock, guitarras, baixos e baterias a mil, vai um clássico, dos mais bem executados, e com alguns dos melhores músicos que já vi (na minha humilde opnião):

E pra quem curte algo mais poético, aí vai uma homenagem a esse grande ícone da música popular brasileira, que recentemente nos deixou:

Agora, falando sério, gente. O que é que há com nosso povo, que além de uma boa parcela ter que “aceitar” coisas desse tipo, outra GOSTA de algo tão repugnante? Qual o proveito que se tira curtindo tal tipo de música, se não uma gravidez indesejada, ou um “positivo” num teste de HIV? Eu, simplesmente não consigo “engolir” esse tipo de desrespeito. Estou pedindo a ajuda de vocês, frequentadores do blog, para fazermos desse vídeo da Valesca MuitoPuta, O VÍDEO COM MAIS DESLIKES DO BRASIL, superando inclusive o do Latino (outro grande músico ¬¬). É só abrir a música, clicando AQUI, e clicar no “polegar negativo”. E é isto pessoas, conto com a ajuda de vocês. Espero que um dos dois (ou os dois) últimos vídeos, tenham conseguido desintoxicar o cérebro e os ouvidos de vocês. E por hoje é só, que esse post já tá parecendo o programa da Regina Cazé. Amanhã tem mais.

Natália, meu bem, muuuuito obrigado pela ajuda, viu? Beijão pra você, moça. S2 (rsrsrsrsrs).

P.s.: Sintam o maravilhoso clima aqui de Alagoas, diretamente do hotel 7 Coqueiros, na praia de Pajuçara – Maceió:

DSC 1883911

Até a próxima. Beijo na Bunda! :P

Mega Bizarro

Sobre Peu

Ver todos os posts desse autor

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco. "Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral. SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também. Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte. Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

loading...

Comentários!

Atenção: os comentários desse site são via Facebook e sequer fica arquivado em nossos servidores. Então tudo o que você escrever aí em baixo é de inteira e completa responsabilidade sua. Tome cuidado, Goku e as autoridades estão de olho, ok?!

112 Comentários nesse post. Comente!

  1. Puta que pariu? WTF??? Mama é foda… que porra de música é essa??? É sério isso??? Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tapado / Responder
  2. Bom, primeiramente PARABÉNS pelo post…. A sociedade só vai entender o que é musica de verdade quando apreenderem a valorizar a si mesmo….

    nanda / Responder
  3. É essas musicas são um verdadeiro Cancêr … ISSO AKI É O BRASIL !!!!! KKKKKKKKKKKKKK
    ISSO SEM CONTA NO FUNK,PUTA Q PARIL,A MUSICA EM SI,E UM REFRÃO REPETIDA UMAS DAS VEZES E SEMPRE COM UM MULEQUINHO DE FUNDO FAZENDO AKELA PORRA DE SOM…
    ROCKKKKK RULES !

    João Raphael / Responder
    • Funk não é música.

      • concordo com vc,é pior que doença terminal !

        João Raphael / (in reply to Peu) Responder
      • CONCORDO!!! na cidade de São Paulo agora proprietario de veiculos que andarem com som alto após as 22:00 ate as 06:00 receberam multa de R$1.000,00, se a moda pega (e tomara que pegue mesmo) outras cidades deverão entrar no embalo, na minha cidade é INSUPORTAVEL tem uns idiotas que andam pela cidade em plena madrugada com a porra do funk Morfetico no último volume (detalhe moro perto de hospital e nem isso eles respeitam), porra meu!!! meu ouvido não é pinico!!! Mas confesso uma coisa musica boa brasileira é como vinho, qto mais velho melhor , porque os mais novos é tudo vinagre. compare hoje com as músicas boas dos anos 70, 80 e 90 depois disso hummm se passa numa peneira só salva alguns….è por isso que só ouço HM ../.

        vedre / (in reply to Peu) Responder
  4. Cara não acredito que esta musica foi gravada, puta lixo do caralho, vai si fuder, por isso que o Brasil esta como está, sem cultura nenhuma, estamos fodidos.

    Marcelo / Responder
  5. Vou ter que ir pra um centro de recuperação por ter ouvido 2 minutos dessa merda de música. Caralho mano…

    Volney Santiago / Responder
  6. De que tipo de cultura vem o funck ou funk ou (fuck) rsrs,
    que com batuques e dig dim dig dim dig dim , conseguem ganhar a atenção das Putas que as houvem, nao me referindo as ” Profissionais do sexo” que realizam seu trabalho com rigidez e DUREZA <!

    Desde já agradeço aos filósofos intelectuais e cultos mestres do Rock, pela conservação dos meu Típanos ! s2 s2ssz sz s2sz2s esses dois a todos ! !!

    Sem first / Responder
    • Na verdade, a gente mete o pau no funk, mas o funk verdadeiro nem é esse do Brasil. Nem sei porque deram esse nome a tais batuques, como diz você. O funk (real, americano), é música das melhores. Artitas como Steve Wonder e Michael Jackson tem alguns funks em suas obras. Mas que fique bem claro: O Funk original, e não essa merda que a gente vê fazer sucesso no Brasil.

      • Lembra do ‘Baile Funk’? Era onde tocava música desses caras antigamente no Brasil…
        Depois vieram os ‘melôs’, letras diferentes com o mesmo fundo das originais…
        Depois um pouco de ‘Rap-Funk’, onde o cara contava uma história de vida com batidas e melodias semelhantes as originais..
        Daí o ‘Funk brasileiro’, letras de histórias com batidas repetidas, algumas eram engraçadas, outras mais reais…
        No fim o ‘Fanqui’, é o que temos de 2008 pra cá…

        Link / (in reply to Peu) Responder
      • Stevie B. é um exemplo do verdadeiro funk (americano) inclusive ele tem uma música em português chamada princesa. Fazia varios shows aqui antigamente.

        Jefferson Santos / (in reply to Peu) Responder
      • Alguns nomes do funk brasileiro (o verdadeiro):

        – Tim Maia
        – Tony Tornado
        – Hyldon
        – Cassiano
        – Trio Mocotó (sim, porque samba-rock deriva do funk e vice-versa)

        E no funk americano, temos como principal destaque o eterno James Brown.

        Wagner / (in reply to Peu) Responder
    • … ” Profissionais do sexo” que realizam seu trabalho com rigidez e DUREZA <!….. chorei de tanto rir essa foi boa kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ai ó é TÍMPANOS,mas mesmo assim faço os seu agradecimento meus também!!!!!!!!!!!!
      :D

      vedre / (in reply to Sem first) Responder
  7. Cara…sem comentários, eu chego até a ter vergonha de ser brasileira. #PartiuCanadá
    Que tipo de infeliz, filho do capiroto, endemoniado, palhaço que come crianças, duende psicopata do papai noel cria um troço desses que nem o Latino copiaria e ainda tem a genialidade de chama de música?
    É nessas horas que eu me pergunto só uma coisa : CADE O APOCALIPSE ZUMBI QUANDO A GENTE PRECISA?

    Bone / Responder
    • Hahahaha. Só um comentário desse pra gente rir, após uma abominação dessa.

      • Sério peu que post ruim, tirando a primeira musica a segunda era zueira de um canal e a terceira era uma video aula, a nao ser que voce se aproveitou dos 2 videos para juntar varias musicas imprestaveis ai tudo bem…Esse papo de funk me enche a paciencia, ”de que adianta criticar os caras se eles nao vão mudar” é um estilo musical só isso! e para os Pseudo Roqueiros, gosto do Rock mas nao faço dele o melhor ritmo do mundo, deixo a voces isso, veja só como o guns produzia somente belas cançoes http://letras.mus.br/guns-n-roses/222795/traducao.html

        bruner / (in reply to Peu) Responder
        • PS: O problema dos ”roqueiros” é não ter o minimo de conhecimento em ingles e nao terem a minima vontade de ir no google procurar a traduçao..assim fica facil dizer que o gringo é o bom, só por que a batida é boa ou o titulo é ”Open your eyes”, e na musica tense ”open the eyes of her ass”

          bruner / (in reply to bruner) Responder
        • E você acha que eu não sei que um dos vídeos era zoeira, e o outro uma vídeo aula? A zoeira só foita, porque REALMENTE dá pra tocar “trilhões” de músicas naquele estilo, usando apenas os mesmos 4 acordes, como foi dito pelo cara. A vídeo aula, idem. Não critei as iniciativas, pelo contrário, até as elogio: Pode ser que com humor, o povo acabe se tocando na merda que é nossa música hoje. E sim, além de mostrar a porcaria que as músicas são, ainda ficaram todas juntas. Funk não é música. Nem adianta discutir.

          • Lembrei de um show do Legião Urbana, onde o Renato diz: “Se vocês querem tocar todas as músicas do Legião, basta saberem isso aqui (três acordes)”

            Link / (in reply to Peu)
          • Carai meu comentário viro sala de Bate-Papo do Uol :P
            Eu curto rock mas eu gosto dos funkeiros(ñ do funk),quer dizer,tirando as músicas,bonés abas retas,o jeito q eles falam,as garotas q parecem o jeff the killer de shortinho e todo o resto, eles são gente boa (contando q fikem longe d mim)
            mas só uma dica pros funkeiros:fones de ouvido impedem q os barulhos da rua atrapalhem a música!Comprovado pelos melhores cientistas e metaleiros!

            Bone / (in reply to Peu)
  8. Seja mt bem vindo a essa linda terra chamada alagoas! =))

    Darlan / Responder
  9. Cara, já ia te xingar hora que vi Dream Theater (ainda mais na formação com Portnoy) em uma seção “Músicas Bizarras” ahahahaha mas aí fui ler pra saber do que vc tava falando! ^^

    (y)

    Willian / Responder
  10. Sertanejo universitario = PLAGIO DE OUTRAS MUSICAS kkkkkk
    nem vou falar de funk pra mim todo baile funk tinha que explodir
    todos virando pequeninhos pedacinhos de carne com sangue
    mas o bom que logo saem da ” QUERIDINHA MIDIA”

    diego / Responder
  11. POOoooha, não conhecia essa Dream Theater, só ouvia falar, baita som porreta

    De_Tristan / Responder
  12. OLHA MINHA CIDADE AI.. *_*

    andreluiw / Responder
  13. pega no meu grelo e mama kkkkkkkkkkk é pra acaba mesmo

    Alex / Responder
  14. e pensar q proibiam os mamonas de gravar certas musicas o Brasil ta um lixo mesmo tem até auxilio para viciados enquanto os trabalhadores de verdade se fodem pra ganhar uma miséria

    Alex / Responder
  15. PORRA PEU! Mano, está faltando duas músicas nesta lista… Tenta dar um jeito de colocar elas no post com as demais.

    https://www.youtube.com/watch?v=JSLyygsTPL8
    PS: EU ODEIO FUNK!!!GOSTO DE ROCK!!!

    David / Responder
  16. CREDOOOO… A MUSICA DA VALESKA PIRANHUDA E PRA ACABAR COM TUDO DE SENSATO MESMO QUE HORROR ….QUANTA PUTARIA SAINDO DE UM SER AFF..PARA ESSE MUNDO QUE EU QUERO DESCER… ELA ACABA COM TUDO …ESSA MULHER NAO NOS REPRESENTA NAUM …QUE FALTA D E BOM SENSO E BOM GOSTO .ISSO NAO E MUSICA NAO …E PUTARIA PRA CABARE 0 ESTRELAS

    anne / Responder
  17. O Que tem de bizarro no Dream Theater? ‘-‘ Os caras tocam pra caralho

    Felipe / Responder
    • O que tem de bizarro é você não ler, e vir conversar merda. Leia o que eu disse sobre eles, depois conversamos.

  18. NÃO DEPOIS DESSA SÓ GUSPINDO PRA CIMA E SAINDO NADANDO KKKKKKKKKKKKK PARABÉNS PELO POST

    ZULEIDE / Responder
  19. Cara, de todos os posts que já vi aqui no IÉB, esse é o pior, mais mortal! Tô morrendo de enjoo e nunca mais dormirei a noite!!!!!!

    Sabrina / Responder
  20. sos

    taylon / Responder
  21. Fico imensamente feliz em saber que não sou o único a revelar minha repúdia total ao que se diz “música” nos dias atuais no Brasil. Sou quarentão e tenho muitas saudades da década de 80, época essa que pra mim foi a melhor de todas tanto nas músicas nacionais como internacionais. Assim como nos exemplos dados acima, se sequestrarem os engenheiros de som dessa turma, não tem show. Graças a DEUS, temos pessoas incrivelmente talentosas no mundo que sabem fazer MÚSICA DE VERDADE. Ai vai uma delas que admiro e tenho prazer em ouvir. E Peu, meus parabéns pela iniciativa do Post. Abraços.

    “http://www.youtube.com/watch?v=mkRsz7didXI”

    Alex / Responder
  22. funk n é musica é lixo, bem q nos proximos posts poderia ter musicas bizarras mas q podem ser consideradas musicas, tem muitas musicas assim no cenario do ROCK/METAL e ate mesmo outros estilos q mesmo sendo bizarras sao bem fodas

    OBS: n estou criticando o post to so dando minha opinião acho q ficaria bem melhor assim…

    Synyster Gates / Responder
  23. […] >> Músicas bizarras […]

  24. eu acho que uma forma de acabar com o funk e quando ele passar na tv, ou no radio
    voce mudar de canal na hora
    com isto, a emissora perde audiência e obviamente perde anunciantes .
    nao dando audiência, a tendência e ser extinto ..

    acompanhantes / Responder
  25. Quer ouvir músicas bizarras e sem noção? Rogério Skylab auhauhaua
    PS: belo post!

    Carlos / Responder
  26. Em geral não gosto de funk, mas gosto das músicas da Valesca. Tem putaria? Tem. Mas vejo que é uma forma de combater o machismo. Tipo, “eu tenho buceta e gosto de dar, dou pra quem eu quero” e pronto. A mulher costuma ser desvalorizada se tiver vários parceiros sexuais, enquanto isso é um elogio aos homens.

    Chega pros amigos e fala “ano passado eu comi 25 mulheres diferentes”. Vão te elogiar! Machão comedor!

    Vai numa mulher dizer “ano passado dei pra 25 caras diferentes”. Vai ser massacrada, chamada de puta, sem valor.

    Creio que é essa postura machista que a Valesca combate. Ela dá a buceta pra quem quiser e isso não a faz inferior a homem nenhum. É minha opinião e creio ser essa a forma de ela combater o machismo.

    Ricardo / Responder
    • AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH.
      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH, PUTZ!!!!! KKKKKKKKKKKKHIHIHIHIHIHIHIHEHEHEHEHE AVÁVÁVÁ´VA´VAVÁ´VAVÁ.
      Este é o meio mais escroto despresivel e repulsivo que uma vadia favelada encontrou pra protestar!

      Pingo / (in reply to Ricardo) Responder
  27. PQP… cultura brasileira de cu é rola!!
    E, se me permite, Octavarium do Dream Theater não tem comparação! Acho que é uma das músicas mais lindas que já ouvi na minha vida!! Se bem que, falando de Dream Theater, não há música ruim… mandou bem no post Peu, acho que tava faltando mesmo uma sessão de músicas bizarras… acho que deve ter mais!!! *___*

    MahLimp / Responder
  28. kkkkkkkk, nunca ouviram Noise

    Pedro / Responder
  29. Sucesssssoooooooooooo!!!!!!!!!!

    Julio / Responder
  30. Caralho ainda bem que tem um dream theater pra descontaminar desse lixo, mulher lixo, escrota, corpo escroto, toda escrota. Só queria saber qual é a gravadora dessa vaca

    Vulto / Responder
  31. Não se pode chamar este lixo de funk! O FUNK verdadeiro foi criado por James Brown, que a esta altura deve se revirar na tumba pelo que brasileiros fizeram com o nome do ritmo criado por ele! Esse lixo se chama, na verdade, miami bass, tbm criado por americanos ligados a putaria e ao tráfico!!

    joyce loiane / Responder
  32. !!!

    A primeira é música? kkk

    Pow, realidade é essa mesmo… ta cada vez mais difícil de surgirem
    músicas decentes. Hoje em dia o pessoal tá perdendo a criatividade e, sinceramente, não
    sei como “Funk” é considerado música. (não tenho nada contra aos que gostam)

    Entro no youtube para ouvir umas músicas, acabo que ficando com as “olds”.

    Antigas, mas épicas…

    G3A3 / Responder
  33. Sou so eu ou alguem mais acha q a Valesca Popozuda parece um travesti? ‘-‘

    Sérgio / Responder
  34. Que lindo! E que sorte a minha de encontrar alguém tão maravilhoso em um lugar que eu gosto tanto… Hahahaha
    Outro beijo pra você, meu bem. :)

    Natália / Responder
  35. belo post man! somente ouvir dream teather para despoluir a mente daquela pseudo-musica da valeska toda-puta!

    jeff / Responder
  36. Peu, Mama eu ?

    Deicide / Responder
  37. Desculpa ae Peu mas não dei play no vídeo kara, afinal música pra mim se trata de Led Zeppelin, Johnny Cash, The Doors, O Rappa, e por aí vai doido, entendeu minha ideologia…. abrasss

    Drigao / Responder
  38. esse barulho que a valesca criou nos prova que nada está tão ruim que não possa piorar

    Fulano De Tal / Responder
  39. toca raul!

    rafael / Responder
  40. Faltou a UDR!!!!

    Erik / Responder
  41. Peu, muito obrigada pelas músicas do Emílio e do grupo magistral de músicos. Assisti extasiada a performance dos caras, as danças dos dedos nas cordas da guitarra e do baixo e no teclado, e aquele baterista fenomenal. Uma autêntica sinfonia rock, linda. Não os conhecia (Ô pecado !), mas fiquei fã instantãnea.

    Aquela vagabunda do primeiro vídeo, devia ter vergonha de cantar uma merda daquelas.
    E olha, pior que já ouvi coisas semelhantes dos “músicos” aqui do Rio.
    Teve uma guria que cantou uma abominação cujo refrão era ” é minha, é minha, a porra da buceta é minha”.
    E um retardado que dizia numa outra “obra”, “relaxa na pica”.
    NÃO DÁ nem para ouvir um lixo desses, que dirá levar a sério.

    Cresci ouvindo Elis Regina, Milton Nascimento, Chico Buarque, Gal Costa, Beatles (tá, esses herdei de minha mãe, hehe, eram da época dela), Elton John, Queen, Supertramp, Renaissance.
    Dá uma tristeza infinita pensar em nossas crianças, que ficam expostas a essa tralha de quinta categoria.

    PS: á negativei a nojeira da vagabunda lá.

    Iroha / Responder
  42. Perfume siamês é muito boa, excelente!

    Caio / Responder
  43. ESSA VAGABA TINHA QUE ENFIA O DEDO NA XERÉBA E RASGAAAA!!!! PUTZ QUE BOSTA DE MERDA DE MÙSICA É ESAA???? ARGGGGG.

    magrao jones / Responder
  44. Vamo dançar tudo nu,tudo nu
    Tudo com o dedo no cu, menos eu
    Tudo com a bunda de fora, é agora
    Você disse que dava e num deu

    Espora no pé tá tinindo, tá tinindo
    Pica no cu tá sumindo, tá sumindo
    Larga seu marido mulher
    E vem fuder mais eu
    Teu marido é bom, muié
    Mas não é fode eu

    A foda é boa é de madrugada
    De manhã cedo não vale nada
    A pica tá dura que tá danada
    Ela entra enxuta e sai molhada

    Mas a muié de cumpade mané pedro
    Tem cabelo no cu que faz medo
    Ela chorava, ela gemia
    Era os cabelos do cu que doía
    Ela chorava, ela gemia
    Era os cabelos do cu que doía

    Pisei um milho de nome sapucaia
    O bicho que mata homi
    Mora debaixo da saia
    Adonde a pica trabaia

    Você disse que dava e não deu
    Manda pra cá esse cu, quelemeu

    Núbia / Responder
  45. Mano KKKK
    Um boiola me mandou a primeira música na live do xbox XD
    Muito tenso
    Pelo menos agora eu sei de onde ele tiro essa merda XDXD

    lucas / Responder
  46. Eita tá aki na minha maceió *—–* Seja Bem vindo,Quanto ao post faltou aquela lá “dos cabelos do cu que doiam”

    Gabriela / Responder
  47. Otimo post,musica escrota e bizarra.Vc podia fazer um post sobre as bizarrices do metal extremo,como grincore/goregrind ou black metal e suas vertentes, tem muita coisa bizarra nesses gêneros.

    PEIXOTO / Responder
  48. cara Dream Theater é muito bom
    vlw!!!!!!!!

    Leo / Responder
  49. Pensei que ia ter toda a carreira de musica da vanessa

    Juliana Ayala / Responder
  50. (confesso a vocês, que parei de ouvir nessa parte , quebrei o computador, mastiguei o cabo da internet, cortei os pulsos, e ainda ativei artefatos explosivos colados em minhas orelhas)
    Mano!!
    Na semana que vem quando eu parar de rir eu vejo se consigo pensar em algo pra te dizer.
    Tá parecendo o Eduardo, seus textos são sempre dukralho!

    Pingo / Responder
  51. cara DREAM THEATER É A MELHOR BANDA DO MUNDO!!!!!!!!!!!!! MUSICOS FODIDOS!!!!!!!!!!!!!!!!! respeito MIL pelo Isso é Bizarro!

    jc / Responder
  52. cara, esses tchu tcha tchu, isso nao e musica, adorei o Dream Theater isso sim e musica !!!!
    os caras sao bons, lembra o jethro thull adoro essa banda, parabens pelo bom gosto musical sou roqueiro e adoro um bom som ou melhor um bom rock !!!

    mark2 / Responder
  53. sou roqueiro, mas tambem curto MPB, e Emilio Santiago foi um icone da mpb, curti demais, essa musica e bonita, mas as minhas preferidas sao Saigon e Anos Dourados, realmente da pra viajar num bom som como esse. e viva o bom rock Led Zeppelin, Pink Floyd, Deep Purple, Black Sabath, Kiss, The Beatles, The Rolling Stones, Jethro tull, The Rush, E.L.O., Queen, AC/DC, Metallica, Guns N Roses, Coldplay, Maroon 5, Nickelback, Sepultura, Drowling Pool, e outros mais, tao bons quanto estes.
    Nada desse lixo musical tchu tcha tchu, ou, vai toma no … da popozuda !!!!!

    mark2 / Responder
  54. Caraca! Dream Theater!!! Amo de paixão ,,/

    Gabriel Dantas / Responder
  55. Creio que estes trabalhos sejam baseados em “4 Chords Song”, do grupo de comediantes “Axis of Awesome”. Para quem se interessar, segue o link do vídeo (inglês):

    Akemi / Responder
  56. Fala mal do sertanejo e funk mais ouve rock que é musica de drogado

    marcela / Responder
  57. Dei tantas gargalhadas com a primeira musica que até desistir de viver. OIASJAOISJASOIJAS PQP.

    Raven / Responder
  58. Gente, antes de mais nada, quero dizer que não gosto desse estilo musical – referindo-me ao funk, da musica mama – no entanto, musicalmente não tenho o que criticar. Diferente da maior parte dos funks, a estrutura musical dessa musica foi muito bem pensada, bem relacionada ao pagode. Isso me surpreendeu, então fui a pesquisa, e minha desconfiança foi sanada. A musica não é deles realmente, mas sim de um musico chamado MAG, ex integrante do facção central, suas letras são tão tensas quanto as da Valesca e do Catra, mas pela minha pesquisa vi que é um exímio musico, integrando assim, suas complexas melodias a letras populares.
    E como o Catra muitas vezes utiliza-se de musicas alheias e as vezes faz até mesmo especie de parodias de musicas – como é o caso da musica Adultério, “parodia” da Tédio, do camisa de vênus. =)

    Betty / Responder
  59. Tive a oportunidade de ver e ouvir o Emilio, apesar de morar no fim do mundo.. O cara era perfeito, que voz, uma grande perda!

    Camila / Responder
  60. Imagina que loko uma tsunami vista daí

    Felipe-SaM / Responder
  61. Cara como dizia o Rauzito… vou escutar meu roquezinho antigo que não têm perigo de assustar ninguém.

    Véio mesmo! As bandas mais novas que eu curto é Pearl Jam e Rage Againt The Machine.

    E como diz o Sheldon: Prefiro varejeiras colocando larvas nos meus ouvidos a escutar funk carioca (coitado do James Brown e do Mickael Jakson, QUE INSULTO!!!!!) e sertanejo analfabeto.

    Tigre / Responder
  62. peu da silva de melo tinha cabelo nu cu que dava medo , um dia meu pal cabesudo entro no seu cu cabeluddo um dia peu min levo pro mato chupo meu saco e depois min jogo , e hoje to arrependido com pal fudido q peu babo ,

    inventei essa musica eol e meu primo fuii !!!

    Teuh.Booy / Responder
    • Antes de tentar inventar música, conclua o primário. Ou até mesmo, a alfabetização, que é onde você demonstra dificuldade. Eu poderia excluir seu comentário… Mas o pior castigo, é escrever tão errado. Por isso, deixei. :)

  63. Essa coisa ai ‘me mama’ é um pornô cantado, não pode nem chamar de música cara!! Sacanagem citar Mozart, Chopin no mesmo post onde aparece essa ‘músicas’ os cara devem estar se revirando na tumba sem contar a linda música de Beethoven -Pour Elise que tocava no caminhão de gás antigamente, isso sim é o fim do mundo!!!

    Caio / Responder