,

Briga de vizinhos acaba com um morto à bala

Olá, caros parvos desvirtuados queridos leitores! Zapeando na net, vi esta matéria acompanhada de vídeo, e achei interessante compartilhar com vocês. Vamos ao sucedido:

A peripécia aconteceu no início da semana, na cidade de UnaíMG. Tudo se deu por causa de uma briga de vizinhos, e o Sr. Geraldino Reis, de 64 anos, acabou morto por vários disparos de pistola. Segundo a pessoa que filmou o momento da briga e o exato momento dos disparos, durante a confusão, a vítima, que se encontrava com uma faca em punho, foi até a casa do seu vizinho, o Sr. Sérgio Geraldo Corrêa, de 36 anos, e os dois iniciaram uma discussão (ainda por motivos desconhecidos, onde o agora defunto riscou o portão da residência de seu desafeto com o objeto cortante.

Diante da confusão, Sérgio abriu novamente o portão (que já estava fechado provavelmente com a intenção de encerrar a discussão), armado com uma pistola Taurus calibre 380 e efetuou vários disparos contra o Sr. Geraldino, que ainda chegou a ser socorrido com vida ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após o crime, o suspeito fugiu . Parentes da vítima, revoltados com o crime, quebraram o vidro da porta do veículo do autor e ainda atearam fogo em um depósito de materiais pertencente ao mesmo. Minutos depois, os Policiais Militares prenderam Sérgio em flagrante na Rodovia BR-251. A arma utilizada no crime foi localizada no interior do veículo, sem munição. Em depoimento, o acusado afirmou que os primeiros disparos foram feitos para o chão, mas como a vítima foi em sua direção, armado com a faca, ele então se defendeu atirando contra o idoso.

Como dito antes, os motivos da briga não foram revelados, e autor do crime foi preso e autuado em flagrante pelo crime de homicídio doloso. Ainda segundo informações, Geraldino possuía passagens pela justiça por uso e consumo de drogas, desobediência, agressão, lesão corporal e ameaça. Já Sérgio, possuía passagens por ameaça e porte ilegal de arma de fogo.

Vídeo original AQUI. Se o YouTube derrubar, me avisem que eu posto em
outra hospedagem.

Pelo que se pode ver, o tiozinho da faca é bem mais errado que o outro, e foi quem provocou. Então, ele que se lasque. Ainda assim, dou um no outro e não quero torna. Agora, venhamos e convenhamos… ou cinegrafistazinho pé de priquito, viu? Meu filho, o foco da filmagem, geralmente é a ação, e não o calçamento.

Agora, muitos não vão entender, e nem devem…

Filhomalll

Pois bem, minha senhora (Sim, gente idosa, e desequilibrada, a gente trata dessa maneira…), quero lhe dizer poucas palavras. Filho mal assumido, até onde sei, é filho de puta. Por tanto, não é o meu, mas sim, os de outra pessoa… e pra bom entendedor, meia palavra bas.. . Estranho, é uma senhora que se diz idônea, e que se preze, se oferecer pra todo mundo ver, em uma rede social, para um homem que nem conhece (no caso, eu, com todos os prints de suas palhaçadas guardados). Pra você que não sabe, é melhor criar separado, que viver a pulso, se oferecendo a gato e cachorro. Se achou ruim, fale com meu advogado quando ele entrar em contato. Ou simplesmente me desbloqueie, e volte a latir pra meu lado mais um pouco. :)

Agora, voltemos a programação normal. :)

Tenham todos uma ótima semana, cheia de paz e bons acontecimentos.

Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo no recalque da menopausa! :*

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários