,

Homem executado a tiros de pistola em Fortaleza [ATUALIZADO]

Opa, você que acha que está sozinho no quarto e não conseguirá olhar pra trás porque na verdade você não está só queridos leitores! O post de hoje é uma dica dos leitores Ronnie Moreira e Manoel Villarins, via Facebook e WhatsApp.

Foram presos os Principais autores do Homicídio que foi filmado por eles, no Ancuri. Polícia está investigando o caso, que ocorreu na terça-feira de Carnaval O vídeo de uma execução foi divulgado ontem, a princípio, pelos próprios executores. Na ocasião, dois homens estão sentados em um batente, na frente de uma casa de nº 93, no bairro Ancuri, na Grande Messejana, região metropolitana de Fortaleza – CE, quando um grupo aproxima-se calmamente a pé. Um homem efetua 15 disparos à queima roupa na vítima, incentivado verbalmente por um mulher, que motiva o homicida a atirar na cabeça e a descarregar a arma. Ao final, o primeiro atirador passa a arma para um outro homem, que efetua mais 5 disparos. O crime ocorreu durante o dia. A vítima estava de bermuda e chinelos, sem camisa. Ao lado dele, um outro homem permanece sentado e não esboça qualquer reação durante os disparos. É possível identificar visualmente pelo menos dois homens envolvidos no crime. Já a mulher que incentiva toda a ação não aparece na filmagem. “Vai, dá na cara. Descarrega“. Ao final, ela ainda lamenta, ironicamente: “Ai, eu não vou dar o meu (tiro) não, é?”

A atualização da notícia foi enviada pelo leitor Moisés Oliver.

Vídeo original AQUI.

Estes são os executores e a mulher que filma:

Crimee2

Crimee3

Crimee1

Eu não digo é nada…. todo mundo já sabe minha opinião. :)

Por hoje é só. Sugestões no [email protected] ou no Facebook.

Até a próxima. Beijo na bunda. :P

Written by Peu

Namorado da Miss Sombra, sou apaixonado por voar e por música. Um Pernambucano que gosta de tudo um pouco.
"Sou o coração do folclore nordestino, eu sou Mateus e Bastião do Boi Bumbá. Sou o boneco do Mestre Vitalino, dançando uma ciranda em Itamaracá. Eu sou um verso de Carlos Pena Filho, num frevo de Capiba, ao som da orquestra armorial. Sou Capibaribe num livro de João Cabral.

SOU MAMULENGO DE SÃO BENTO DO UNA, vindo no baque solto de um Maracatu! Eu sou um alto de Ariano Suassuna, no meio da Feira de Caruaru. Sou Frei Caneca do Pastoril do Faceta, levando a flor da lira pra Nova Jerusalém... Sou Luis Gonzaga e eu sou mangue também.

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte.

Sou Macambira de Joaquim Cardoso. Banda de Pífano no meio do Canavial. Na noite dos tambores silenciosos, sou a calunga revelando o Carnaval. Sou a folia que desce lá de Olinda, o homem da meia-noite puxando esse cordão... Sou jangadeiro na festa de Jaboatão

Eu sou mameluco, sou de Casa Forte... Sou de Pernambuco, sou o Leão do Norte."

Comentários