,

Massacre em Bagdá: 29 prostitutas assassinadas

Salve galera do IéB.

A um tempo já que procuro esse vídeo mas só agora consegui ele pela surface. Lembro que no tempo tinha visto o caso e fiquei louco atrás do material pra postar pra vocês mas infelizmente só apareceu agora. Então, vamos ao que interessa:


Segue a notícia:

Por volta das 19:30 no dia 12 de julho, um grupo de jovens bem vestidos, que carregavam pistolas silenciadas, chegou a um complexo de apartamentos no bairro oriental Zayouna, em Bagdá. Eles foram direto para um edifício gerador nas proximidades – Bagdá tem geradores a cada poucos blocos porque a rede elétrica é precária – onde os homens esperando para quebrar o jejum do Ramadã haviam visto eles chegarem por câmeras de um circuito de segurança.

Os pistoleiros disseram a todos ali que tinham um mandado de prisão de dois terroristas que vivem nas proximidades e, educadamente, aconsearam-os a ficar dentro de casa por sua própria segurança. Os homens do edifício gerador fizeram como lhes foi dito – eles assumiram que os recém-chegados eram do Serviço Nacional de Inteligência iraquiano (INIS).

Mas eles não eram INIS. E, em vez de caçar os terroristas, os homens iam para um bordel situado num edifício no complexo, em seguida assassinado as 29 mulheres – todas suspeitas de serem prostitutas  – e entre três e cinco homens que se encontravam lá dentro. O massacre levou 10 minutos. Quando eles terminaram, voltaram para o edifício gerador, pediu a fita da câmera de segurança e, educadamente pediram desculpas por qualquer inconveniente que causaram.

 Acompanhem o vídeo de momentos após o massacre:

 

1405422219039

Bs8EtoxCQAAb4UR

465464654

 

Coisa de profissional.

É isso aí galera, espero que tenham gostado.

Até o próximo post, abraços! 

Written by Sweeney Todd

Cearense, 23. Jogador de Poker e boêmio por natureza.

Comentários