, ,

Descobrindo Nosso Passado #01 – Tubos Metálicos

Olá, pessoas! Há algum tempo comecei a ler um livro de “paleantropologia”. Sim, o nome é muito bonito.

Em sua essência, se trata de arqueologia.

O livro é: A História Secreta da Raça Humana e mostra evidências de que existiram seres inteligentes – não digo extraterrestres, talvez humanos mesmo – em épocas anteriores, ao que nós julgamos ter havido vida. Em suma, evidência de cultura avançada em épocas distantes.

Este livro é o extrato de outro tomo escrito por um de seus co-autores, Cremo Thompson.

Dessa forma, gostaria de começar uma série. Não sei se as publicações serão mensais, anuais, bianuais nem diárias. Apenas serão postadas. :)

Em um ou outro post haverá imagens, não em todos.

Antes, de começar, gostaria de incluir uma imagem para nos ajudar a situar sobre qual período estamos lidando.

Dadas as devidas explicações, vamos começar?

Tubos metálicos oriundos de lençóis de giz na França

Tudo metálico encontrado em 1968 de 65 milhões de anos.

Y. Druet e H. Salfati anunciaram, em 1968, a descoberta de tubos metálicos semi-ovóides de forma idêntica mas de tamanhos variados em giz cretáceo. A nossa fonte de referência é Ancient man: a handbook of puzzling artifacts, de William R. Corliss. Calcula-se que o lençol de giz, exposto numa pedreira em Saint-Jean de Livert, França, tenha pelo menos 65 milhões de anos. Tendo considerado e eliminado diversas hipóteses, Druet e Salfati concluíram que seres inteligentes viveram 65 milhões de anos atrás.

Desejando mais informação, escrevemos para o laboratório de geomorfologia da Universidade de Caen, à qual Druet e Salfati entregaram seus espécimes,  mas não recebemos resposta. Convidamos os leitores a comunicarem-nos qualquer informação que possam ter acerca desse caso ou de casos semelhantes, para a inclusão em futuras edições deste livro.

 

P.S. 1: Então,  meu caro leitor… Lacerta estava errada ou não?

P.S. 2: Creio que as imagens ficaram um pouco “grandes” então, me desculpem. :)

P.S. 3: Sobre qual período estamos falando sobre?

Written by DraftL

O que está em cima é igual ao que está embaixo e, o que está embaixo, é igual ao que está em cima, para realizar os milagres de uma coisa única.

Comentários