Mulher É Açoitada No Sudão…

Fala galera!!! Belezura? Bom, um vídeo chocante, divulgado no YouTube em meados de setembro, mostra uma mulher sendo açoitada por policiais no Sudão. Ela foi acusada de “conduta indecente em público” por entrar em um carro com um homem que não era seu marido ou um parente próximo, o que é proibido pela lei do país.

Nas imagens, a sudanesa identificada apenas como Halima se agacha no chão e tenta cobrir a cabeça com um véu de tecido leve, enquanto um policial anda ao redor dela segurando um chicote e observando a mulher indefesa. A multidão assiste sem protestar ou intervir. – Noticias.r7.

No vídeo você escuta um homem rindo ainda. Confira:

E não podemos esquecer desse vídeo bem conhecido (mas que talvez muitos podem não ter visto), que também aconteceu no Sudão, onde uma mulher foi açoitada por usar calças. Confira:

Lamentável… alguns países são impossíveis de entender! E ai? O que você diria sobre isso?

Bom, vou indo nessa pessoal!!!
Pro pessoal “do hardcore”, fiquem com esse belo som (como em alguns posts, com uma musica com um nome bem sugestivo)!! Até mais pessoal!!

Mega Bizarro

Sobre Cayky_SPN

Ver todos os posts desse autor

Nascido e crescido no interior de Minas, interessado em: mulheres, filmes/clássicos, séries, esportes, livros/quadrinhos, amante do mundo rock/metal e seus derivados (hard, heavy, thrash, death, black e etc)

loading...

Comentários!

Atenção: os comentários desse site são via Facebook e sequer fica arquivado em nossos servidores. Então tudo o que você escrever aí em baixo é de inteira e completa responsabilidade sua. Tome cuidado, Goku e as autoridades estão de olho, ok?!

113 Comentários nesse post. Comente!

  1. Nussa, Veio Q q Isso kkkkkkkk…..

    TinhoS2 / Responder
    • Eu tenho nojo do homen e suas regras doentias ser humano ta pior q o diabo e outra .religião é eu e Deus sem fanatismo com todo respeito

      Ivan / (in reply to TinhoS2) Responder
  2. Sabe, eu não acho errado! É a cultura deles, isso não é de agora é de muito tempo já. Sempre foi assim la, tem muitas coisas q é absurdo, mais quem mora la vive com a lei, se eles não aceitam a lei q se mudem, pq sabe q se fizer algo “errado” vão acabar assim!
    Então pra mim não é nada demais. É a lei e cultura deles.

    Ana Karina / Responder
    • Sim, só acho complicado mesmo entender essa cultura deles :)

      Cayky_SPN / (in reply to Ana Karina) Responder
      • Tbm não entendo :s

        Ana Karina / (in reply to Cayky_SPN) Responder
      • ai pessoal é a cultura deles é muito louco esse pais eles estao atrasados pra caralho! cada pais tem seu jeito na china é normal comer garfanhoto ou polvo ainda vivo agora se eles quiserem espalhar pelo mundo a cultura deles ai a chapa fica quente

      • Isso de entender a cultura alheia é complicado, nós (brasileiros em geral) adoramos no churrasco linguiça e uma boa peça de costela mal passada. Para os judeus somos impuros por comer carne de porco, e para os indianos somoes hereges por consumir carne de um animal sagrado, a vaca. Não podemos nem pensar em consumir aquele monte de insetos, escorpiões e aranhas que o povo da china, hong kong e taiwan come nos espetinhos. Vai entender ?

        Johnny / (in reply to Cayky_SPN) Responder
        • Pois é, vários lugares diferentes são complicados de entender!
          Ê mundão hein hahaha

          Cayky_SPN / (in reply to Johnny) Responder
          • Depois de ler esse merda que todos vocês escreveram, eu fico enojado e percebo, que esse mundo continua a ser essa miséria e a desgraça que é, graças as pessoas como vocês, se pessoas como essa mulher não fizessem coisas ERRADAS NEGROS não andariam em onibus, POBRES e MULHERES nao poderiam votar, a mais sei lá, acho que aquelas 130 vadias que morreram queimadas,em uma fabrica para lixos como ANA KARINA possam votar se separar e etc… São só umas alienadas errantes,foi mal.
            É a proposito ANA KARINA você,como mulher dizer isso, voçê pra mim e menos que nada.

            SHIKAKUU / (in reply to Cayky_SPN)
          • Tá e eu sei que escrevi “voce” com cedilha.

            SHIKAKUU / (in reply to Cayky_SPN)
          • Normal, acontece rsrs

            Cayky_SPN / (in reply to SHIKAKUU)
    • Fala isso pra um sequestrado… “Se não curte o cativeiro, sai fora!”
      Tu acredita que é assim mesmo? Parabens…

      Cantarzo / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Concordo com a menina, cada um tem sua cultura…e digo mais, queria que aqui fosse assim, talvez não teríamos tantos ricardões e adulteras !!!

      RicardO / (in reply to Ana Karina) Responder
      • Você deve ser corno pra ter esse opinião ridícula.

        Paulo / (in reply to RicardO) Responder
        • e você um corno que não tem conhecimento do mesmo para responder dessa forma…kkk

          Jarbson / (in reply to Paulo) Responder
      • Cultura onde meninas são forçadas a se casar, vendidas ou trocadas por calemos antes mesmo de completarem 18 anos, são forçadas a fazer tudo o que os homens pedem, são maltratadas, torturadas ou mortas quando se opõem. País onde as pessoas são apedrejadas até a morte por motivos fúteis.

        Experimente imaginar morar em um lugar assim com sua avó, mãe, filha e/ou irmã antes de dizer “Queria que aqui fosse assim”.

        Felipe / (in reply to RicardO) Responder
        • Falou tudo Felipe!
          Só quem não vive lá é que fica dando esses palpites ridículos de que “deveria ser assim no Brasil”. É brincadeira. Nessas regiões a mulher é literalmente um pedaço de nada. Sem opnião, sem direitos, submissa e pronto. Ainda tem que aguentar ser “açoitada” em praça pública por um suposto “crime” que talvez nunca tenha cometido. É triste.

          Rômulo / (in reply to Felipe) Responder
    • Sdds utopia de um mundo sem culturas/religiões aonde todos se amassem e talz ;-; (étão dificil assim?).

      jardelholub / (in reply to Ana Karina) Responder
      • enquanto existir muita religião e pouco respeito por diferença, infelizmente sim….
        E, levando em consideração o comentário extremamente inteligente de “se não gosta de lá, sai fora”, dá uma lida no caso da tal Aisha que teve um presentinho do marido depois de tentar fugir do país…

        guirtom / (in reply to jardelholub) Responder
    • Émelhor dizer apenas que respeita a cultura, mas continua sendo errado.

      Linda / (in reply to Ana Karina) Responder
    • em pleno seculo 21, a ciencia avançando ! isso e desnecessário ! por mim essa raça ja tinha se extinguido

      [email protected] / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Precisa de coragem para falar isso. É a verdade que poucos dizem.
      Não existe cultura certa ou errada, mas dentro da cultura, existe aquilo que é certo e o que é errado.

      A cultura ocidental tem coisas bem piores que isso aí.

    • Eu aqui imaginando a cena de uma mulher falando ” parentes e marido, não aceito a lei desse país, então estou me mudando…” PARA O ALÉM ahuahuahuahauhau

      noquinho / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Ana Karina, me admira muito uma MULHER não achar errado isso, e simplesmente defender o fato, dizendo “é cultura deles” “que se mudem”.

      Garota, Você já parou pra pensar o motivo da mulher ter entrado no carro? Sabe se ela estava passando mal? Sabe se ela estava simplesmente tentando fugir? Ou é viúva e não tem dinheiro pra sustentar os filhos e se sustentar e foi tentar arrumar algum dinheiro?
      Isso só citando o exemplo do vídeo deste post, porque a “cultura deles” contém muitos outros absurdos, andes de você falar que pra você “não é nada ” dá uma psequisada e endenta a diferença entre OPRESSÃO e CULTURA.
      “Se não aceitam a lei que se mudem”?
      Você acha que é possível uma mulher se mudar de lá???? Queria ver você morando lá, tendo direito a NADA, sem opinião, sem respeito, tendo que casar com um desconhecido aos 11 anos de idade, sem dinheiro, sem direito até ao prazer sexual pq você teria o clitóris cortado(é cultura deles ;) ).
      AI eu ia ver você conseguir SE MUDAR….

      acorda pra vida e para de falar merda, por favor.

      obg.

      FSanches / (in reply to Ana Karina) Responder
    • mas isso é um costume muito antigo, e ja devia ser abolido…se fosse assim como vc pensa, no catolismo ainda haveria a forca,guilhotina,etc.

      Caio / (in reply to Ana Karina) Responder
    • É que nem no Brasil, tem muita lei errada, entao cada país cada país ;

      Ana . / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Mente pequena.
      Lamentável.

      Rissi / (in reply to Ana Karina) Responder
    • É surpreendente que há pessoas mesquinhas e asquerosas como você. Como em pleno século XXI, atitudes de monstrualidade e bestialidade praticadas em nome de dogmas e leis arcaicas devam ser ignoradas?

      Felipe / (in reply to Ana Karina) Responder
    • quem concorda com uma cultura dessas tem mais é que ser açoitada também,tu acha que ela escolheu essa cultura?alguém perguntou pra ela se ela queria fazer parte de uma cultura que se baseia na cultura do tempo das cavernas?se coloca no lugar dela e pensa um pouquinho

      gabriel / (in reply to Ana Karina) Responder
    • É verdade. Em nome do respeito à diversidade temos que respeitar todas as culturas. Nesse sentido temos que respeitar também a cultura dos sequestradores, assassinos e ladrões que, dentro dos seus conjuntos de valores, estão agindo corretamente. Temos que respeitar ainda a opinião dos que acham que a tua mãe deveria passar pelos mesmos sofrimentos que você acha que as mulheres do sudão devem passar em nome do respeito à diversidade por permitir que vc fale uma bobagem dessa.

      Hélio Abreu / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Vai tomar no meio do cu sua vaca. Não acha errado??? Então vai agora pra praça pública ser queimada. Vai lá. Sua anta, olha a história dos povos que originaram você pra ver se não existiam coisas similares (na verdade bem piores). E aí, então a justificativa é a tradição? A cultura? Vai a merda. As mulheres do Oriente Médio e África muitas vezes querem sair dessa prisão ridícula por não poderem pensar, se vestir, opinar, votar. E suas antepassadas passaram pelo mesmo problema. Então, se depender de cultura e tradição, você teria que estar apanhando e não podendo abrir a boca. Mas olha você aí, podendo opinar e falando esses absurdos ignorantes. Ninguém vai apedrejar você por isso. É bom, né? Como pode ser tão ignorante. Em vez de ser favorável a ver outra mulher escolhendo suas vestimentas e ter decições sobre seu corpo, prazeres, estudos, trabalho, etc. VocÊ sabe quantas são mortas no oriente só por quererem dirigir? Trabalhar? Se casar com quem querem?

      Paulo / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Chicote nelas! Aii !

      huahuahuhauhua !

      Daniel / (in reply to Ana Karina) Responder
    • é… tbm era cultura escravizar pessoas, tortura pessoas de outras religiões, matar, sacrificios e outras idiotices mais… só pq é cultura não significa q é certo… não aceito isso e isso tem q mudar…

      dragon / (in reply to Ana Karina) Responder
    • EU NÃO CREIO NO QUE EU LI !!!!!!!!!!!!!
      Oque é isso, vc acha mesmo que lá ela tem o direito de almenos MUDAR DE LÁ ? Essa “cultura” repugnante tira a total liberdade do ser humano, ela não tem o direito de nada. Esse povo de lá não merece respeito nenhum dos outros países, são totalmente desumanos, lá vc é decapitado apenas por ter OPINIÃO, diferente da deles, país totalmente controlado por um falso deus, uma falsa religião que controla as pessoas. Ou vc vai me falar que o Hitler estava apenas seguindo a religião dele, e tá tudo bem , contando que não arda nos seus olhos tá tudo legal né… pufff desculpa moça mais pra mim vc é egoísta.

    • Na boa, a “cultura deles” é cultura onde meninas são forçadas a se casar, vendidas ou trocadas por camelos antes mesmo de completarem 18 anos, são forçadas a fazer tudo o que os homens pedem, são maltratadas, torturadas ou mortas quando se opõem. País onde as pessoas são apedrejadas ou queimadas até a morte por motivos fúteis.

      Como assim não é errado?
      É um desrespeito completo a vida.

      Triste é não ter poder pra fazer nada.

      Felipe / (in reply to Ana Karina) Responder
    • vai pra lá e vive sobre as leis deles e depois me fala que não acha errado

      Max Siqueira / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Não se trata de cultura, se trata de direitos.
      Foda-se a cultura, foda-se a quanto tempo isso existe. Só por que algo é tradicional não significa que esteja imune aos direitos individuais.
      Imagino se tu diria o mesmo se tivesse nascido lá, sendo forçada a viver nessas condições.

      Bruno / (in reply to Ana Karina) Responder
    • Nossa que ignorância “se eles não aceitam a lei q se mude” . É por causa de seres humanos assim que o mundo ta uma merda, como se essas pesoas tivessem pedido pra nascer em um lugar desses, onde mulheres não tem o direito de nada . Fala isso para os habitantes da Àfrica minha filha. ABSURDO, se coloque no lugar dos outos ! comentário infeliz

      Alícia / (in reply to Ana Karina) Responder
      • Palmas pra cultura deles, palmas para o comentário inteligente da mina, mas agora, por favor um minuto de silêncio pela menina de 8 anos que morreu após a lua de mel por não aguentar a relação sexual, e o infeliz saiu de boa porque a “lei” deles protege o cara e manda a mulherada se foder.

        andrei / (in reply to Alícia) Responder
    • vc nao acha errado ? e pq nao e vc que ta apanhando de chicote esse pais de merda desse povo das cavernas so acho que tinham que morrer

      Gustavo / (in reply to Ana Karina) Responder
    • a pessoa vem a sofrer por um motivo banal e vc vem dizer que isso e cultura?vc nem sequer sabe o que é cultura vadia!!!

      ale / (in reply to Ana Karina) Responder
  3. Acho uma grande besteira, uma ignorancia, uma maldade…
    Mas para entender esse povo, só nascendo lá!

    FR / Responder
  4. Boa, desce o chicote nessas vagaba, devia ter isso no brasil…

    amorte / Responder
  5. Podem me condenar mas a cultura desse povo é nojenta e sinceramente eu acho isso um atraso mental, eles tratam mulheres iguais animais e qualquer coisa é motivo para tortura ou morte (lembrando que me refiro as leis sobre as mulheres) onde não há questionamento algum e pior fazem crianças assistirem tais brutalidades para ‘servir’ como lição.
    Eu uma vez tomei um tapa na cara de uma tailandesa e fiquei parado sem reação pensando ‘mas que merda é essa??’ até um cara me puxar de canto e me dizer que eu colocar as mãos na cintura de uma mulher tailandesa é falta de respeito e detalhe eu estava apenas cumprimentando, esse tipo de coisa até é válido mesmo que ainda seja coisa do passado.

    Caio / Responder
  6. QUE MERDA MEU ESSA CULTURA É A MAIS RIDICULA DO MUNDO AFF… AO INVES DESSES GUARDAS ESTAREM PRENDENDO BANDIDO OU FAZENDO UM TRABALHO VOLUNTARIO PRO PROXIMO FICAM SE OCUPANDO BATENDO E TORTURANDO UM SER HUMANO QUE É IGUAL A ELES…MAS A JUSTIÇA DE DEUS É MARAVILHOSA E ESSA MESMA MAO QUE BATE UM DIA TENTARA SE DENFENDER …. QUE ODIO MEU … REVOLTA !!! :/

    LUCIANA / Responder
  7. Realmente é tenso, Cayky… Mas ao mesmo tempo não dá pra entender mais nada…
    Será que eles são certos? Será que nós somos? O que é punição e o que é exagero aos olhos da justiça? O que é justiça, afinal?
    Olha, não sei se sabe mas na Nigéria existe uma cultura na qual o pai pode se relacionar com suas filhas, porém pra nós isso é extremamente errado… Então, será que quem está certo? Não tem como saber!
    Com certeza depois de tanta evolução humana e tecnológica, ou seja, do mundo em si, dói ver uma mulher sendo açoitada pelo menos pra nós que achamos errado. Mas como isso pode ser tão normal aos olhos de um povo inteiro???
    Excelente post, mais uma vez, CaykY!

    - André Freitas § / Responder
    • Pois é cara, e a dúvida fica no ar… muitas questões.
      Vlw brother!!!

      Cayky_SPN / (in reply to - André Freitas §) Responder
    • desde que o mundo e mundo a mulher sempre foi inferior ao homen, isso passou de povos para povos! e ainda existe isso! ser humano e atrasado cara! com certeza isso e errado, antes da cultura o homen vem primeiro, e vem evoluindo! daqui mto e mto anos acredito que nao vai haver tanta merda que nem no video ai!

      [email protected] / (in reply to - André Freitas §) Responder
  8. Vocês chamam isso de atraso mental.

    Na época de maus pais, mas, principalmente de meus avós, o modo de EDUCAÇÃO era esse.

    A moralidade era efetivamente aplicada (mesmo sendo pela agressividade).

    Com essas “LEIS LIBERAIS ONDE TUDO PODE”, chegamos ao “progresso” de imoralidade e safadeza.

    Hoje, se andarmos um pouco, vemos CRIANÇAS trocando seus brinquedinhos por um celular com funk, e vêem, não mais desenhos, mas inconscientemente fazem pirraça para ver seus novos ídolos (aquelas %#$*¨ da tv).

    Com isso, a pessoa desenvolve a mente de uma forma anormal, e consequentemente, temos uma sociedade a qual vemos hoje…

    Uma pena.

    Daniel - Campinas / Responder
    • Discordo. Nossa sociedade hoje é pior que a mais antiga? Por que?
      Se a sociedade do castigo criou melhor as pessoas, então por que tivemos duas Guerras mundiais? Por que tivemos Hitler? Por que lançamos covardemente duas bombas nucleares? Isso tudo protagonizado por nossos “avós” criados com castigos pesados

      O que faz o desenvolvimento ser mais anormal do que o de alguns anos atrás? Nossos ancestrais, não usavam cintos, varas ou coisa parecida para castigar seus filhos.

      Safadeza sempre existiu
      A pirraça de hoje sempre existiu, só eram alvos diferentes

      Vinicius / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
    • Educação numa época que ninguém sabia nada.As pessoas evoluem,nossos costumes mudaram,nosso modo de vestir mudou,tivemos um salto tecnológico incrível dos tempos dos seus avós para 2013.Como você espera que as coisas que você via na sua geração fossem iguais a esta?As coisas mudaram Sherlock,a única coisa que você pode fazer é lidar com isso.

      Não que eu ache certo crianças ouvindo funk.Mas elas terem celulares é só evolução.Tenho certeza que você teve seus brinquedos mas agora as coisas mudaram e o celular é o ”brinquedo” delas.Não há nada de errado em dar a uma menina ou menino de 10 anos uma celular se você impor limites e disciplinar a criança.

      Mas parece que você não estava pronto para quebrarem a ”tradição”.

      Se as coisas estão ruins agora a tendencia é piorar.Mas essa é só minha opinião.

      Essa geração foi criada pela sua.

      Gostaria de me provar errada?

      • Meu, eu não estou falando de tecnologia véi.

        Nós lançamos a bomba nuclear?

        Mano, volta para o ensino Fundamental kkkkkkkkkk

        Graças aos preceitos antigos, meus pais duram um casamento FIEL com 35 anos de casamento.
        E são felizes. Não que hoje não haja casais assim.

        Mas meus pais são EXEMPLO.

        Que exemplo a pessoa pode pegar da sociedade atual? Quais virtudes?

        Temos de nos adaptar a esse novo sistema? Isso é uma piada?

        É por existirem pessoas que acham isso tudo normal que é a droga que é.

        Daniel - Campinas / (in reply to Ana) Responder
    • Concordo com vc sr. Daniel, discordo apenas por que esse pessoal aí exagera, mas complementando o que vc disse, basta realmente andarmos um pouco e observamos isso que vc falou e coisas muito piores, como filhos que xingam e batem nos pais, agridem professores, acham que são donos do mundo sem serem donos nem do próprio nariz. E eu não conheço ninguém que tenha se matado por que apanhou de palmatória, mas conheço vários que o fizeram por seus pais serem permissivos, tolerantes e “bonzinhos”.

    • é vei! ai vc que é mto inteligente e com grande cultura esmurre sua mulher, bata no seu filho! educaçao vem de casa! se oq vc ve com essas crianças tenha certeza que a culpa e dos pais! a educaçao vem da inteligencia como educa! brutalidade gera demonios! vei se e mto burro! sem maldade

      [email protected] / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
    • E o que tinha de melhor na época dos seus avós?

      Opressão dos militares?
      Desigualdade com as mulheres?

      E daí que a criança PREFIRA um celular ao brinquedo?

      Você parece um homem das cavernas reclamando que as crianças começaram a brincar com figuras de madeira, ao invés de pedaços de rocha.

      Evolua cara.

      FSanches / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
    • Você disse tudo e mais um pouco parabens

      Diego / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
    • Boa falo tudo .

      xtreme / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
    • Pois é, mas o que é educação pra vc? Violência? Maus tratos? Me desculpe mas acho que podemos dar uma boa educação sem violência… Eu não deixaria um filho meu assistir programas impróprios ou trocar um brinquedo por um cel com funk… Vc acha uma criança assistir programas desse tipo na TV um atraso na cultura mas uma mulher ser açoitada por usar calças ou uma criança ser educada na base da surra não?

    • Eu nunca dei uma surra na minha filha, hoje em dia ela tem 22 anos, está se formando em direito, odeia funk, sabe muito bem que um utensílio não define personalidade e respeita muito as diferenças alheias, portanto, essa balela de moralidade pela agressividade não procede, vários países se desenvolveram com um modelo de coalizão educacional sem violência física ou mental, e estão muito melhores que esses aí.

      Carlos / (in reply to Daniel - Campinas) Responder
  9. ta

    Sata / Responder
  10. Aqui no Brasil é crime sair pelado em público, mas não é na Holanda.
    Se postarem um vídeo de uma mulher brasileira sendo presa por mostrar a vagina em público na Holanda, todos vão ficar revoltados, porque é algo que não faz parte da noção social deles.
    Se a lei do país diz que não pode usar calças, elas devem receber as devidas punições, pois transgrediram as leis.
    Aliás, não se trata do que VOCÊ acha certo ou errado, você não mora lá, você não conhece os aspectos de lá.
    Cometeu um crime, deve receber a punição equivalente.
    E quem são vocês pra dizer que isso é errado? Pessoas que cresceram num ideal de vida cristão (mesmo que você seja ateu/agnóstico/qualquer coisa, carrega a moral cristã nas suas opiniões).

    Eduardo Henrique / Responder
  11. DEVEMOS RESPEITAR A CULTURA ALHEIA ..!
    E NÃO FICAR QUERENDO IMPOR A NOSSA .

    PODEM REPARAR QUE QUANDO MOSTRAM CENAS DO COTIDIANO DESSES POVOS , AS MULHERES EM GERAL TÊEM CONDUTAS EXEMPLARES DE COMPORTAMENTO RESPEITOSO PARA COM OS HOMENS DE SEUS PAÍSES , E ISSO DEVERIA SER EXEMPLO PARA AS MULHERES BRASILEIRAS ..!

    NO BRASIL É ESSA BAGUNÇA DE MENINAS DE 12 , 13 ANOS QUEREREM IR À BAILES FUNCK , MULHERES BEBENDO EM BARZINHOS , ETC …..

    O BRASIL SÓ VAI MELHORAR QUANDO O CONGRESSO NACIONAL ADEQUAR LEIS COM REGRAS BÁSICAS DE COMPORTAMENTO FEMININO , SOB PENA DE SEVERA PUNIÇÃO .

    Everton Mathias / Responder
    • sei… todo machão assim , sempre tem um pouco da ideologia do Jean Wyllys

      AnaAp / (in reply to Everton Mathias) Responder
    • ME ENTRISTECE VER PESSOAS ASSIM NO MUNDO … bom existe muitas coisas tristes como a fome, a pobreza, o ódio entre os seres humanos, e etc. Voce deveria se preocupar mais com isso tudo, ao invés de quere se preocupar com a conduta de outra pessoa. Voce não se tocou quem governa esse país é uma mulher? Ou vc é o tipo de homem que bate na mulher em casa, ou vc é bem inferiorizado por mulheres, do tipo que só transa pagando.

    • Adequar leis com regras básicas de comportamento feminino?E masculino não?
      Nesses países as mulheres tem condutas exemplares de comportamento respeitoso…já os homens,por esses vídeos,não dá pra dizer o mesmo,né?E os homens,não precisam de COMPORTAMENTO RESPEITOSO PARA COM AS MULHERES?!?!?!?!Porque pelo tipo do seu comentário,é o q esse país está precisando urgente,me espanta imaginar que mais pessoas possam pensar assim.
      Já viu o filme´´Pele que te habito´´de Pedro Almódovar,com Antonio Banderas?Se ñ viu,te recomendo,já vai entender porque:Iria amar se alguém te sequestrasse,fizesse operação de mudança de sexo em voce,sem seu consentimento(a partir daí não acontece no filme,eu que estou dizendo)e te enfiasse em algum país muçulmano pra ver como é bom essas´´leis com regras básicas de comportamento feminino´´.
      Sem mais.

      EDUARDA / (in reply to Everton Mathias) Responder
  12. E aí Cayky, belezura? Na verdade essa covardia cruel, não faz parte da “cultura” deste povo, mas sim da lei do islamismo, ou seja, isso não acontece apenas no sudão, mas em qualquer país onde impere a lei muçulmana. Agora que é uma lei muito injusta é, pois o homem não sofre punição nenhuma.

    Post curto, porém bizarramente revoltante. Parabéns.

    DEUS abençoe a todos.

    Deusimar Barbosa / Responder
    • Sim, é a lei, ja vi muitos vídeos desse tipo, como religião (mulheres sendo espancadas só pq namoravam homens de outras religiões e etc), mas é que tem alguns que falam cultura tbm ai eu sigo =D

      Vlw brother, abraço!!!

      Cayky_SPN / (in reply to Deusimar Barbosa) Responder
  13. tinha qe leva umas vagabundas aqui do brasil passa um mes em lugar desse!!kkkkkkkkkkkk

    jean felipe / Responder
  14. Isso se chama gente parada no TEMPO.

    Mateus / Responder
  15. …sendo cultura ou nao, essas atitudes primitivas nao levam a nada…raiva que eu to desses trouxas sudaneses…ODEIO quando o mais forte abusa do mais fraco…
    Boa noite ae, cara! Post otimo! Meu dia foi cansativo e nada melhor que vir aqui no IÉB dar uma relaxada vendos seus posts e dos outros autores! Valeu! :D

    NeoDarkSide / Responder
    • Valeu brother, tbm acho isso, mas tem os que acham certo e os que acham errado, respeito completamente ambas as opiniões :)

      Cayky_SPN / (in reply to NeoDarkSide) Responder
  16. Esse Daniel misturou um monte de coisa nada a ver , nao da pra comparar a cultura deles com a nossa

    mrl / Responder
  17. O julgamento vem do ponto de vista de cada um. Eu acho certo, porquê se você vive em um país, você é obrigado à não infligir nenhuma lei. Se não gostou sai fora, se mata, sei lá. O que eu acho errado é o fato de vários países que não a ver se meterem no assunto cultural de outras federações.
    Beleza, só por quê uma mulher usou calça ela é açoitada, só que se um cara estupra ele é apedrejado até a morte. Aqui no Brasil mulher pode usar calça de boa, mas se um cara estuprar ele é preso durante alguns meses e depois é solto. Não é uma lei ou outra que define o país. Eu quero mais é que se matem, não estou nem aí para o que está acontecendo lá e por qual motivo é. É a cultura deles, ninguém de fora tem que se meter.

    Gustav / Responder
    • Se o cara estuprar ele é apedrejado sim mas, para a mulher provar que foi estuprada pelo cara ela tem que arranjar 6 testemunhas homens.
      E se não conseguir provar, quem é apedrejada até a morte é ela pois está consentindo que fez sexo fora do casamento ou que fez sexo antes de casar.

      camila / (in reply to Gustav) Responder
  18. Tenho certeza que se fosse a mulher de vocês entrando no carro do Ricardão com certeza você não iriam ligar se levassem umas chicotadinhas basicas na rabeta.

    Gordinho Delicioso / Responder
  19. Ótimo post man! Esse tipo de matéria serve muito para que possamos saber o que acontece fora dos nossos pequenos limites.Abração Cayky!

    Nilton / Responder
  20. Não sei como dizer o quão tosco eu acho esse tipo de comportamento (castigar uma mulher por usar uma calça ou entrar em um carro que não seja do marido parente), mas fazer o que né?

    Gabriel C. / Responder
  21. (… marido ou* parente)

    Gabriel C. / Responder
  22. Foda-se se é cultura deles, merda, se isso acontecesse perto de mim eu ia fazer esses animais sentirem o dobro da dor que causaram nessa mulher.

    Jand / Responder
  23. Feministas esquerdistas se acham ruim vão protestar lá, falar aqui no ocidente é fácil, onde vocês mandam em tudo, inclusive até a “presidenta” aqui é mulher, vocês falam muito e fazem pouco! E numa guerra contra eles vocês chamam os homens pra defender vocês!

    Giant cock / Responder
    • Se algum dia eu precisar pegar uma arma para proteger os inocentes e indefesos eu faria!! Seu mal informado creio eu que se tem mais de 18, já foi prestar no exército e só isso né? Pois fique sabendo que pra entrar no exercito nós mulheres temos que pagar, para seguir carreira. Agora vc tem uma grande arma que é a internet, pesquise mais sobre mulheres no exército antes de cagar pela boca.

    • óbvio o que adiantaria chamar homem de verdade , não uma gazela que se sente oprimida (sem razão alguma)

      AnaAp / (in reply to Giant cock) Responder
      • Geeente, não alimentem o troll, eu até li o comment do cara, mas depois que vi o conteúdo e o nick, eu ri!!!

        MarioP / (in reply to AnaAp) Responder
    • Cara uma coisa é se esconder atras de um computador e vomitar merda, outra é falar na cara ,vem falar isso pra mim pessoalmente e só no argumento te faria voltar pra casa chorando pela mãe.

      AnaAp / (in reply to Giant cock) Responder
  24. Acho que a cultura deve ser respeitada assim como qualquer coisa, mas tudo tem limite, se a cultura de um país é matar crianças toda páscoa porque acham que é sagrado então não tem nada de respeitar, tem que intervir. O mundo não é mais o que era a milhares de anos atrás quando se acreditava que sacrifícios trariam coisas boas, naquela época o mundo era cheio de ignorantes, agir com violência nos dias de hoje por motivos insignificantes (religiosos) da mesma forma que nos tempos bíblicos é pura burrice.

    Augusto / Responder
    • Exatamente cara , ainda bem , eu me sinto segura quando vejo um Homem com H maiúsculo, pq pessoas com grande intelecto merecem respeito, como vc , sabia ? Vejo que ainda existe esperança pelo paz entre nós !!! Tomara que o ser humano evolua ! Homens e Mulheres maiúsculas, precisamos de mais de vcs no planeta terra.

  25. Cara se isso for aceitável para eles , com certeza não viriam para o Brasil escondidos em navios, na minha cidade tem mais árabe do que brasileiro e trazem e praticam somente o que é aceitável, que na minha concepção deve ser aceitável até para eles,reservam a culinária,vestimenta mas nada tão extremo como no vídeo,pq óbvio que é inaceitável. Sei la esse povo só vive no meio de terrorista ,de morte de intolerância .síria,líbano,arábia, egito (só a desgraça*)

    AnaAp / Responder
  26. Incrível como post assim sempre gera polêmica aqui no site!

    Eu estava lendo os posts das pessoas que são a ‘favor’ desse método e acham que essas leis severas (eu diria cruéis ) realmente resolvem, eu gostaria muito de saber se eles morariam nesse
    país e depois de morar lá 1 ano voltariam com esse mesmo pensamento que sim para mim ainda é retrógado achar que tanta violência faz do país um lugar bom e diciplinado para se morar e criar seus filhos!! Capaz até do desenho do Barney ser proibido por ser algo onde mostra um ‘afeto’ meio que explícito !!

    Caio / Responder
  27. Isso é a desgraça que as religiões trazem ao mundo.

    Luiz / Responder
  28. Pior ainda que o vídeo é gente achando essa atitude correta,achando tudo normal simplesmente porque é “cultural”.Cada uma…

    Mosy Cruz / Responder
  29. Apesar de ser cultura deles, eu também não acho certo. Mas até onde eu sei, até mesmo no Brasil era assim, mulher não podia usar calças, o único direito da mulher era ficar em casa cuidando da família e bla bla bla, e quem mudou isso foram elas próprias, elas se juntaram e aos poucos estão tornando a sociedade igualitária. Acho que se esses casos fossem tão terríveis pra essas mulheres muçulmanas quanto é pra nós, elas teriam alguma atitude. ACHO.

    Rach / Responder
  30. ( não me refiro a todos os homens)
    Nossa foi lendo certos comentários aqui que vejo que tem muito homem machista e nojento, querendo comparar uma calça jeans com um estupro, não queria impor feminismo aqui, mais é digno de se falar. Muitos homens querem usar da violencia para controlar as mulheres SIM, e vendo aqui que isso é um desejo de vcs homens, querem controlar tudo, até mesmo a vida alheia ! Os homens que dizem que deveria ter isso no Brasil, vcs acham isso bom ? Imagine se fosse a sua mãe !! Agora porque é que vcs acham, que nós mulheres, temos que ser agredidas para obedecer vcs? Agora obedecer suas mulheres duvido que iriam querer né? Quem disse que homens são melhores do que mulheres, e vice-versa?
    Os homens de lá tem inveja da mulher, pq temos a dadiva de dar a vida naturalmente, e eles só sabem matar e bater para ter respeito, porcos imundos.

    Alessandra / Responder
  31. Cultura covarde,pais sem vergonha ,homens covardes,cultura podre.

    franciscodelimafilho / Responder
  32. Independente da cor , cultura e religião o ser humano eh uma merda, sempre foi e sempre vai ser.

    ZZZZZZZZZZZZ / Responder
  33. tem gente nos comentários acima que ainda concorda….. lamentável

    Max Siqueira / Responder
  34. Cadê a porra da ONU e dos “direitos humanos”???

    Pra defender bandidos FDPs logo aparece um monte desse povo politicamente corrento, agora pra coibir mais esta atitude brutal e extremamente COVARDE não aparece um!

    Outra coisa, cultura é o meu cacete! Isso é COVARDIA TOTAL!!
    A “cultura” de submissão da mulher por si só já é arcaica e demente, não importando o local do mundo em que é praticada, uma vez que a GLOBALIZAÇÃO além de romper fronteiras, nos permitiu criar estes direitos humanos para qualquer humano, seja homem ou mulher, seja de qualquer lugar no planeta. Agora meter chicotadas em uma mulher totalmente INDEFESA só porque ela USOU CALÇAS ou FOI VISTA com um desconhecido é completamente INADIMISSÍVEL!

    Outra coisa que sempre se vê aqui nos comentários são pessoas metendo a lenha em vídeos com ações de violência contra animais e APOIANDO açôes violentas contra SERES HUMANOS, não importando se são banidos (= “fizeram por merecer”) ou se são sujeitos totalmente inocentes, como o caso dos vídeos deste post e ainda alegam “ah, é cultura, fazer o que?”. Bando de HIPÓCRITAS NOJENTOS!
    Tenho total REPÚDIO e ÓDIO de ações covardes (alguns vídeos eu nem consigo ver até o fim), sejam elas praticadas contra animais e natureza, mas contra um ser SEMELHANTE a mim é muito pior!

    Não costumo xingar ou qualquer coisa do tipo, mas um troço desses me revolta!

    PH / Responder
  35. Queria que fosse vcs que acham que só por ser da cultura deles aceitar isso.Para esse povo FDP,mulher é igual ou menos que gado.Tá certo que aqui nesse país de merda como todos os outros mulheres são consideradas objetos e tudo mais,mas esses FDPs não veem que se não fosse por nós nem nessa emrda de mundo eles estariam.FDPs.

    laine / Responder
  36. Isso não é cultura, é atraso mental.

    Bárbara / Responder
  37. O mundo com suas regras, religiões e homens (os idiotas) … que nojo que eu sinto do ser humano

    andre / Responder
  38. Que é foda é. Mas é o pensamento moral daquele local, aqui parece errado, mas lá isso é extremamente comum e da pra ver bem isso nas risadas durante os dois videos, por mais triste que isso pareça não se tem nada que se possa fazer. Ótimo post!

    Wintercode / Responder
  39. essa lei ai e do capeta ñ tem nada de deus, o país da cultura mais ignorante q ja vi…

    elailda / Responder
  40. As vezes eu tenho que concordar com um amigo meu que diz que “Tem que invadir esses países, explodir tudo e democratizar… ”

    Essa mentalidade retrógrada dos países muçulmanos tem de acabar… Essas leis idiotas e irracionais desse povo ignorante tem que mudar… Estamos em 2013, isso devia existir mais.

    Patrick Braz / Responder
  41. Apanhou só porque tava usando calças,e tem um monte de biscate por ai que merecia uma surra dessa e nao leva

    eva / Responder
  42. Bizarro não e o post e sim os comentarios, ninguem tem a msma cabeça nem ideia o trem e muito louco.

    Predator / Responder
  43. Revoltante demais tudo isso. Primeiro, estamos confundindo TRADIÇÕES CULTURAIS COM LEIS. Segundo, me entristece muito saber que nós, seres humanos tais quais aqueles “infelizes” que lá nasceram, concordemos ou apoiamos tais atitudes. Tivemos a sorte de nascer num País onde QUASE TUDO é permitido e assim, fica fácil opnar sobre pos demais. Agora, concordar com uma violencia desse porte é o mesmo que, NA MINHA SINGELA OPNIÃO, mandar nossa propria mãe para a forca ou para o açoite. Creio que a menina que comentou com muita infelicidade lá no inicio, repensou e se arrependeu, do contrário, continuaria debatendo. Aí se vê que ela realmente nao tinha o preparo para discutir esse assunto. Mas revolta ver que ela não pensa sozinha. Pergunto aos homens que concordam com essas leis SUDANESAS: Voces nasceram de uma mulher ou de um tubo de ensaio?

    Ajadir / Responder