, ,

Locais estranhos para se achar um corpo.

1 – Camara de congelamento.

Chelsea Ake-Salvacion, tinha apenas 24 anos e trabalhava em uma clínica de estética e SPA que oferecia uma série de tratamentos de beleza e rejuvenescimento. A garota já havia avisado o namorado, que em algumas ocasiões, ela ficava até mais tarde no local para realizar sessões de crioterapia, que consiste em expor o corpo a gás nitrogênio em temperaturas abaixo de zero.
Ela realizava as sessões sozinha dentro da câmera, o que não era recomendado pelos especialistas. Até que no dia 10 de outubro de 2015, o seu corpo foi encontrado por colegas completamente congelado, segundo os legistas a garota passou a noite presa dentro da câmera de congelamento, o que obviamente gerou a sua morte.

2 – Corpo no elevador.

Bom, você não leu errado. Uma moradora da cidade de Xian na China, identificada com Wu, faleceu no elevador de seu prédio residencial, após passar 1 mês presa dentro da máquina. Wu morava sozinha em seu apartamento no 15° andar.
Até que no dia 30 de janeiro de 2016 por problemas técnicos ela ficou presa em seu elevador. Um homem responsável pela manutenção do aparelho foi até o local e aos gritos tentou confirmar se alguém estava preso ou não no local, porém ele não obteve nenhuma resposta.
Depois disso, eles decidiram apenas desligar o aparelho, até exatos 30 dias depois, quando o reabriram e encontraram o corpo de Wu já em decomposição lá dentro.

3 – Em cima da árvore.

O corpo da americana Melissa Joy Dietzel foi encontrado em cima de uma árvore de 10 metros de altura. A californiana estava realizando um intercambio na Austrália quando o tudo ocorreu.
Seus restos mortais foram encontrados por um médico, que passava no local e percebeu o intenso mal cheiro que para ele já era familiar.
O reconhecimento do corpo só foi possível graças a exames dentários e o reconhecimento de suas roupas, pois o estado de decomposição de Melissa, já estava bastante avançado. Os peritos que cuidaram do caso acreditam na possibilidade de suicídio.

4 – Caiu do furgão.

Parece cena de cinema, mas este “pequeno” incidente realmente aconteceu. Em julho de 2014 na Pensilvânia um corpo acabou caindo do caminhão do legista, tudo isso ocorreu, graças a uma falha na trava da porta do veículo.
Em meio ao caos de buzinas e carros desorientados, o motorista que transportava o cadáver notou rapidamente o que havia ocorrido, retirando-o de lá em poucos minutos.

5 – Cyber café.

Um homem de 32 anos de idade, identificado como Hsieh foi encontrado em um Cyber café em Taiwan. Os registros do local mostraram que Hsieh havia começado sua maratona de jogos no dia 6 de janeiro de 2015, e seu corpo foi descoberto apenas no dia 8 de janeiro.
Os outros jogadores que se encontravam no local nem mesmo haviam percebido que Hsieh havia morrido, e mesmo depois que os paramédicos chegaram, os policiais afirmaram que eles continuaram jogando. Segundo os peritos, a causa da morte foi um fatal ataque cardíaco.

6 – Em sua parede.

O corpo de uma americana, que vivia em Los Angeles foi encontrado dentro das paredes de seu próprio apartamento, exatamente 7 anos após a sua morte.
Raven Joy Campbell desapareceu no ano de 2009, quando possuía 31 anos. Mas foi em 2016 que o seu caso foi finalmente concluído. Graças a denúncias a polícia revistou novamente o local com a ajuda de cães farejadores e encontraram o corpo.
Vizinhos já reclamavam há algum tempo sobre o forte odor que o apartamento possuía. Raven, morreu por traumatismo craniano e seu assassino, Garbutt era seu colega de quarto e foi condenado a prisão perpétua.

7 – Esteira de ginástica.

Este corpo aí na foto é de Kendrick Johnson. Ele foi encontrado enrolado em uma esteira de ginástica em Lowndes County High School, no sul da Geórgia, em janeiro de 2013. Segundo a perícia, depois de cair na esteira, na tentativa de recuperar uma sapatilha, Johnson ficou sufocado. Só que um tempo depois, descobriram que os órgãos internos do rapaz foram recheados com jornal e a família começou a suspeitar de assassinato. Até hoje não solucionaram o caso.

8 – Tanque de água.

Geralmente, só se descobre um corpo afogado na água quando o seu estado já está bem avançado ou, em muitos casos, quando começa a afetar o gosto da água ou até mesmo o fluxo de distribuição. O corpo da turista canadense Elisa Lam foi retirado de uma cisterna no telhado do Cecil Hotel, bem no centro de Los Angeles. Ao notarem a baixa pressão da água, os turistas hospedados queixaram na direção do lugar sobre esse problema em seus quartos. Daí então, os trabalhadores do hotel foram investigar e encontraram Elisa submersa na água. A causa da morte foi obviamente afogamento, mas como ela foi parar lá?

A necropsia realizada no corpo de Lam não revelou qualquer sinal de violência, e os exames toxicológicos não indicaram a presença de drogas ou álcool. No entanto, as estranhas circunstâncias envolvendo o afogamento da moça levantaram muitas suspeitas, motivando o surgimento de várias teorias da conspiração para explicar o caso.

9 – Ar condicionado.

Um cadáver de um homem foi encontrado no interior do sistema de ar condicionado de um edifício. Em uma vistoria de rotina, uma equipe de ajustadores de seguros descobriu o corpo em outubro de 2013. Segundo eles, o cara tentava invadir uma loja de conveniência. Os restos mortais do corpo já estavam decompostos e ficaram presos dentro do duto. A loja ficou fechada por meses.

Written by Isis Müller

Historiadora em progresso, leonina, amante da leitura, da fotografia e um tanto quanto apaixonada por tudo aquilo que não posso ver, ou tocar. Prazer.

Comentários