,

Filmes Bizarros #07 – Mangue Negro


Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Aê galerinha animada, tudo bom?

Hoje o filmes bizarros é especial, pois contamos com a presença de um filme nacional!!! UHUHL E, pirem, foi feito no Espirito Santo. E pirem de novo: O filme é de zumbi! Tipo: Tapa na cara da sociedade!!!

Sei que tem muito paga pau de americano ai e vai criticar o filme todo. Peço, por favor, que não perca seu tempo.

Ficha técnica:

Mangue Negro
Gênero: Terror/Horror
Duração: 105 min
Origem: Brasil
Lançamento: Setembro de 2008
Produtora: Fábulas Negras
Direção: Rodrigo Aragão
Elenco: Valderrama dos Santos, Kika de Oliveira, André Lobo, Reginaldo Secundo, Markus Conká, Maurício Ribeiro, Ricardo Araújo, Antônio Lâmego, Júlio Tigre.

O filme é passado no manguezal de Guarapari. Conta a história de uma pobre comunidade de pescadores que passa por problemas de escassez de alimento o que é uma preocupação para a população local que tenta sobreviver. Em busca de caranguejos e peixes os pescadores entram no manguezal e encontram muito mais do que queriam.

O filme roda através da vida de Luiz que é completamente apaixonado por Rachel, a quem a todo filme tenta se declarar. O rapaz vê a moça toda vez que caminha pelo mangue na expectativa de que ela o olhe, ou até mesmo de que ele consiga dizer seus sentimentos, mas algo sempre o atrapalha. Rachel que mora com o pai, o irmão e a mãe doente (cega e de cama) é tratada como muitas mulheres são nessas vilas, o que pra mim é um ponto positivo no filme que mostra um pouco da cultura. Ela quem cuida da casa, da mãe, da comida… Enquanto o irmão vai em busca do sustento: Caranguejos. E é ai que o filme começa…

O irmão, já no mangue, encontra um corpo morto e leva um susto. Com o susto cai de cara nas ostras e, após algum tempo ferido, vai parar na casa de Luiz. Ao chegar muito ferido no local o pai de Luiz (que também trata o filho de uma maneira… Abusada) da uma ordem para que ele não deixe o homem morrer o que o rapaz não consegue evitar… Para seu desespero homem que acabou de morrer na sua frente volta a vida e tenta ataca-lo.

A pedido do pai, Rachel vai em busca do irmão e o encontra morto na casa de seu admirador(que está com uma arma e coberto de sangue). Ela o acusa de assassinato enquanto o homem tenta se explicar. Nesse tempo, toda a população local (que parecia não existir) volta a vida e ataca o casal que por puco consegue fugir do barraco que estão.
A moça é mordida e, mais uma vez, o homem a salva (com a ajuda de uma generosa senhora que eu acredito que muito de vocês vão se lembrar de suas avós. Uma ótima interpretação. Pra mim, a melhor do filme).

O filme, como muitos, se resume em Luiz tentando chegar a um lugar seguro com Rachel e então evitar a maldição que se espalhou pela vila. O bom do material é que, além de tudo, tem algumas tiradas engraçadas, algumas passagens tristes, algumas cenas de romance e, para alegria do mundo, muito muito sangue. O ruim do filme é que o diretor não conseguiu passar essas emoções o que deixa o longa meio travado. Na minha opinião faltou um pouquinho mais de história e um pouco mais do uso da trilha sonora. Apesar da que a que é usada no filme é ótima.

Obvio, não revelarei o final. Mas acreditem em mim: Apesar do filme ser um pouco parado demais e sem muitas emoções fiquei muito surpresa é realmente bom e, infelizmente, esse tipo de filme muitas vezes não é apresentado ao público. A história, o contexto, a vida, o sangue exagerado, os atores… Tudo é muito bom. Muito melhor que esses filmes da globo que inventam um Brasil que eu nunca visitei (Beijo Didi, Beijo Xuxa)

A  história não muda em comparação a filmes desse tipo: Um casal tentando sobreviver (o mocinho tentando salvar a mocinha, a mocinha fazendo merda, um cara que sobrevive além deles e depois da a vida pelo casal, uma senhora velha zumbi…)

O filme não mostra muito bem como as transformações começaram, mas o diretor deu um ar de Brasil no filme. Isso é muito bem representado por ostras assassinas e, por exemplo, de uma salvação ser veneno de baiacu. Sei que muitos vão reclamar desses fatos, mas, para mim, isso da uma identidade ao filme não o fazendo ser uma copia completa dos Estados Unidos.

Apesar de muito preconceito por parte do público brasileiro (e com certeza haverá alguma critica) o filme me lembrou muito ” A Volta dos Mortos Vivos” seja pela aparência dos zumbis no filmes ou até mesmo pela quantidade de sangue que existe em exagero. E, se querem minha opinião, achei o filme capixaba melhor do que muito filme hollywoodiano de zumbis que tem por ai.
Bem, não estou dizendo que é melhor filme do mundo de zumbis, mas (e aqui vai um comentário um tanto quanto realista e preconceituoso) em comparação a outros filmes nacionais esse é um dos melhores.

Deixarei o filme aqui direto do youtube; Recomendo que assistam, não é um filme BIZARRO (bom, pelo menos se você tirar a parte das ostras assassinas, não é)

Deixarei aqui algumas curiosidades a respeito do filme:

– O diretor fez uso de animatronics (animação com recursos mecânicos) na produção;

– O orçamento estimado foi de R$ 50 mil;

– Fez parte da seleção oficial do Festival Sci Fi de Londres.

 

Ganhou prêmio como:

BUENOS AIRES ROJO SANGRE (Argentina) para:

Melhor Filme – Júri Popular
Melhor Diretor Estreante
Melhores Efeitos Especiais

 

Written by cudocamelo

Sim, Cudo é uma menina.


Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Comentários


Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/issoebizarro/public_html/blog/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46