,

Em Curitiba, cadáveres continuam crescendo cabelo e barba

Um caso que faltava no IÉB: Cadáveres que mesmo após 30 anos, continuam tendo seus pelos crescendo. Na espécie de museu do IML de Curitiba, isso acontece, e é necessário que se corte o cabelo e barba de cadáveres em esposição, periodicamente.

Assista abaixo:

Dica da Andressa Valverde

Alguma explicação?

Written by Danieu

Fundador do IÉB, o administra desde 2007, e não viu nem 1% da bizarrice do mundo.

Comentários