,

Transmissão extraterrestre ou interferência de rádio? “Sinal potente” despertou interesse de cientistas

Um “sinal potente” detectado em 2015 por um poderoso radiotelescópio russo que rastreia o céu em busca de sinais de inteligência extraterrestre despertou o interesse da comunidade científica.

Um “sinal potente” detectado em 2015 por um poderoso radiotelescópio russo que rastreia o céu em busca de sinais de inteligência extraterrestre despertou o interesse da comunidade científica.

Esse sinal, cujas características poderiam levar a pensar na transmissão de uma inteligência extraterrestre, também poderia ser uma interferência de rádio, ou o resultado de um fenômeno natural, informou no sábado (27) o site Centauri Dreams, que tornou pública essa descoberta pela primeira vez.

– Ninguém está afirmando que isso é trabalho de uma civilização extraterrestre, mas sem dúvida vale a pena fazer um estudo mais aprofundado – disse Paul Gilster, autor do site, que analisa pesquisas científicas sobre a exploração do espaço profundo.

O sinal vem da direção de uma HD164595, uma estrela similar ao Sol que se encontra na constelação de Hércules, a cerca de 95 anos-luz da Terra, e que é conhecida por ter pelo menos um planeta orbitando em volta dela. (fuck!)

O sinal foi detectado em 15 de maio de 2015 pelo radiotelescópio RATAN-600, na República da Carachai-Circássia, uma divisão federal da Rússia, perto da fronteira com a Geórgia.

radiotelescópio RATAN-600
radiotelescópio RATAN-600

A equipe de astrônomos dirigida por Nikolai Bursov, da Academia de Ciências da Rússia, detalhou que é muito cedo para determinar a natureza e a origem do sinal.

Os pesquisadores acreditam que esse sinal é instigante o suficiente “para solicitar que seja objeto de uma observação permanente”, escreveu Paul Gilster.

De acordo com os pesquisadores, se o sinal provém de uma antena isotrópica, que irradia em todas as direções, trataria-se então de uma potência possível somente para uma civilização muito mais avançada do que a nossa, chamada de Civilização do Tipo II na Escala de Kardashev  (método de medição do grau de desenvolvimento tecnológico de uma civilização).

Se o sinal provém de uma banda de emissões estreita orientada em direção ao nosso Sistema Solar, poderia se tratar de uma força disponível para uma civilização Kardashev do Tipo I, disse Gilster, indicando uma civilização mais próxima à humana.

– Se essa fosse uma fonte astronômica real, ela seria um tanto quanto estranha – comentou Suntzeff. – Sabe lá Deus quem ou o que transmite a 11 GHz, e não está fora de questão que se trate de algum tipo de comunicação feita entre estações no solo e satélites. Eu seguiria isso, se eu fosse os astrônomos, mas eu também não iria exagerar o fato de que isso pode ser um sinal de SETI, dada a possibilidade significativa de que poderia ser algo militar – disse o especialista, referindo-se à Busca por Inteligência Extraterrestre (do inglês Search for Extraterrestrial Intelligence).

Essa detecção se compara com a do sinal “Wow” captado em agosto de 1977 por um radiotelescópio americano.


SINAL WOW!

O sinal Wow! foi um forte sinal recebido pelo radiotelescópio Big Ear por Jerry E. Ehman em 15 de agosto de 1977, quando ele trabalhava para o programa SETI em Ohio. O radiotelescópio fazia a varredura do céu enquanto a Terra girava. O sinal era uma fonte constante de ondas de rádio, coincidência ou não, especulam muitos, pode ser exatamente o tipo de sinal que uma civilização avançada de extraterrestres enviaria, pois tal onda destacar-se-ia das ondas de rádio vindas do espaço. O computador registrou o sinal como uma sequência de seis letras e números que durou 72 segundos. Ao lado do sinal Ehman escreveu “Wow!”, ficando assim conhecido.

ratan-600-560px

Até hoje não se sabe o que poderia ser o sinal Wow! e ele permanece como um dos maiores mistérios da humanidade e da cosmologia. Já se foi vasculhado o mesmo local de onde se foi recebido o sinal mas não foi detectado nada. Muitos especularam que alguém poderia ter enviado a mensagem para confundir ou fazer graça, mas essa hipótese foi descartada. O observatório especulou que poderia ter sido algum sinal terrestre rebatido por um satélite, mas nenhum satélite estava na posição da detecção da onda de rádio. (wikipedia)

Abaixo segue o sinal recebido

Abaixo segue outro vídeo que fala sobre o sinal WOW! Retirado do canal Assombrado.


zh.clicrbs.com.br, seti.orgphys.orgastronomy.com

Written by Mach

Eu faço bolos tbm, encomendas pelo email [email protected]

Comentários